Alepe aprova indicação do forró para registro como Patrimônio Cultural Imaterial de Pernambuco

Saiba mais informações clicando no link

Governo vai ter que se explicar na ALEPE sobre falta de medicamentos nas farmácias do Estado
Governo Paulo Câmara fechou 2017 devendo R$ 240 milhões a fornecedores e prestadores de serviço na saúde, denuncia Silvio
Sancionada a 22ª Lei de Gustavo Gouveia


A Assembleia Legislativa de Pernambuco aprovou, nesta quarta-feira, a indicação para que forró seja instituído como Patrimônio Cultural Imaterial de Pernambuco. A proposição do Projeto de Resolução foi do deputado Wanderson Florêncio (PSC).

Nesta quinta-feira, às 10h30, na Alepe, participarão da solenidade de assinatura da resolução o presidente Eriberto Medeiros (PP), Wanderson Florêncio, a coordenadora nacional do Fórum Forró Raiz Joana Alves, a presidente da  Sociedade dos Forrozeiros Pé de Serra e Aí! Tereza Accioly,  Santanna o Cantador, Josildo Sá e Rogério Rangel, entre outros artistas.

COMMENTS