Alessandra Vieira toma posse hoje para seu primeiro mandato na Alepe

Alessandra Vieira toma posse hoje para seu primeiro mandato na Alepe

Confira mais informações clicando no link

Com 50 Leis aprovadas, Gustavo Gouveia é destaque na Alepe
João Paulo Costa é reeleito à Presidência da Comissão de Esportes e Lazer da Alepe
Eleita deputada estadual no último domingo, Alessandra Vieira concede entrevistas à rádios

A Deputada Alessandra Vieira tomou posse nesta sexta-feira, 01, juntamente com os novos parlamentares, no plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). É a primeira mulher nascida em Santa Cruz do Capibaribe a conquistar um mandato estadual. Com 45.115 votos em mais de 25 cidades, obteve votação majoritária em sete cidades, incluindo sua terra natal onde somou 3 mil votos de diferença para seus opositores.

“Hoje é um dia muito especial para mim. É o início de meu mandato que será marcado por muito trabalho para retribuir toda a confiança que recebi em milhares de votos e representar com compromisso a minha região e todos os pernambucanos e pernambucanas. É assim, com o coração e a garra da mulher pernambucana que vou lutar dentro e fora da Assembleia, nos próximos quatro anos”, destacou a deputada.

Mulher de luta – Filha da costureira Adalva Xavier, Alessandra é irmã de Arnaldo da Rota do Mar, uma das empresas que mais contratam trabalhadores locais no Polo de Confecções do Agreste, e também de Aguinaldo Xavier, Áurea e Aninha Xavier.

Casada com o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe e ex-deputado estadual Edson Vieira, há 18 anos, com quem tem três filhas, Raquel, Gabriela e Sophia, a deputada sempre teve atuação destacada em causas sociais e já foi titular de secretarias como Cidadania e Inclusão Social, Governo e Desenvolvimento Social. À frente desta última pasta, implementou projetos e ações que foram implantadas em outras cidades como o “Prefeitura nos Bairros”, que leva serviços públicos a comunidades carentes; o “Transformar”, de resgate e qualificação profissional de usuários de drogas, o “Mãe Amiga”, de atenção a gestantes; o “Centro de Reabilitação em Fisioterapia”, voltado para crianças com microcefalia, paralisia cerebral e prematuras; entre outros projetos.

COMMENTS