André de Paula seria um grande prefeito do Recife – Por Marcelo Velez

André de Paula seria um grande prefeito do Recife – Por Marcelo Velez

Saiba esta e outras informações dos bastidores da política pernambucana clicando no link

São Lourenço da Mata – Wester Gonçalves vai encarar disputa por uma vaga na Câmara de Vereadores
Palmares – Souza Filho próximo de escolher o seu destino partidário
Aglailson Victor e André de Paula são recebidos por multidão em Macaparana

Político há 30 anos e militando há mais tempo ainda, o deputado federal André de Paula(PSD) é um verdadeiro campeão de votos nas urnas pernambucanas. Aluno do ex-senador, ex-governador e ex-vice-presidente da República, Marco Maciel (DEM), conserva sempre o jeito solícito e atencioso de ser, dando oportunidade a lideranças de todos os segmentos. Poucos potestades em todo o estado têm o hábito de se reunir semanalmente com amigos, militantes e apoiadores para deixar que eles deliberem sobre os passos a ser tomados. André é advogado formado pela UFPE, tendo sido militante jovem no extinto PDS, vereador constituinte no Recife em 1988, deputado estadual pernambucano em 1991 e alcançando a Câmara Federal em 1999. Após sair do PDS, André de Paula seguiu para o antigo Partido da Frente Liberal, PFL, que mudou a sigla para DEM alguns anos mais tarde. O deputado só saiu do partido para ajudar a fundar, lado a lado com alguns dissidentes da mesma origem, o atual PSD.

De 1999 a 2019 são 20 anos e 6 mandatos consecutivos na Câmara Federal, mesmo que um deles tenha se dado apenas na condição de suplente. Das vezes em que se licenciou, André também comandou as secretarias estaduais de Trabalho, Ação Social, de Produção Rural e de Reforma Agrária de Pernambuco. Um currículo tão vasto e tanto tempo de mandato conferem ao parlamentar a capacidade de ser bem quisto em diversos ambientes políticos. Mesmo seus adversários reconhecem a força e a capacidade do peessedista e não há um levantamento recifense ou estadual em que seu nome não apareça.

Ainda em 2018, o nome de André de Paula foi ventilado pra deixar a Câmara Federal e aventurar uma vaga no Senado, porém a costura política da ocasião desfavoreceu o crescimento da figura dele. Em 2016, o deputado conseguiu fazer o PSD conquistar 17 prefeituras espalhadas por Pernambuco, colocando a legenda no terceiro lugar dentre as que mas elegeram gestores, empatada com PTB e atrás apenas do PSB e PR.

A tarefa de se consolidar como nome para a Prefeitura do Recife em 2020 é bastante árduas, mas não impossível para alguém como ele. Se insistir por enveredar no jogo o respeito com que é tratado pode se tornar o motor a impulsionar seu crescimento. É importante lembrar que, mesmo com um cenário dividido em 2018, André ainda obteve um resultado expressivo na capital recifense.

Reconduzido – Na noite de ontem, o deputado federal Silvio Costa Filho(PRB) foi reconduzido à presidência estadual do Republicanos, com direito a muito prestígio na cerimônia de reeleição à frente da legenda. Estiveram presentes o pai, Silvio Costa, o irmão e deputado estadual, João Paulo Costa (AVANTE), outros deputados federais e muitas outras lideranças, como o presidente nacional do PRB, Marcos Pereira. Na ocasião, foram filiados os prefeitos de Santa Cruz da Baixa Verde, Belém de Maria e Betânia.

Expansão – Sob a tutela de Silvinho, como é chamado pelos amigos, o PRB deve ser um dos partidos que mais crescerá em 2020 no estado de Pernambuco. Ano que vem, a sigla deve lançar, no mínimo, 35 candidatos a prefeito.

Farpas – O deputado estadual e líder do PSB na Alepe, Sivaldo Albino, disparou contra o ex-ministro Mendonça Filho (DEM), após o democrata alegar que o governador Paulo Câmara (PSB) teria cometido supostas pedaladas fiscais. Em nota veiculada por alguns portais de comunicação, Sivaldo declarou que o acordo fiscal entre o governo estadual e a Petrobras ocorreu dentro dos trâmites legais e lembrou as quatro derrotas sofridas por Mendonça quando enfrentou nomes da Frente Popular.

Mais dois – Outros dois ex-deputados alegaram estar confirmadíssimos na disputa pelas prefeituras de suas respectivas cidades. São eles Zé Maurício em João Alfredo e Dr Valdi em Surubim. Ambos foram deputados estaduais longevos, ingressaram na chapinha do PP ano passado mas acabaram não logrando êxito.

Resposta – Após notícias sobre a rejeição das contas de campanha de 2018 serem veiculadas pela imprensa, o PSB pernambucano emitiu nota oficial declarando que a rejeição se deveu apenas a uma mudança regimental do prazo para o recebimento de documentos. Representantes da legenda esclareceram que os processos de captação e de gastos foram todos transparentes e que o PSB certamente recorrerá da decisão.

Escrito por Marcelo Velez

COMMENTS