Através de projeto da deputada Roberta Arraes, Serrita é oficialmente a Capital Pernambucana do Vaqueiro

Saiba mais informações clicando no link

Alepe aprova indicação do forró ao título de Patrimônio Cultural Imaterial de Pernambuco
Dona Graça tem vida retratada em livro
Dayse Juliana recebe certificado de “Prefeita Expressão”

Terra da tradicional Missa do Vaqueiro, a cidade de Serrita foi oficialmente intitulada a Capital Pernambucana do Vaqueiro, depois do projeto proposto pela deputada estadual Roberta Arraes, na Assembleia Legislativa de Pernambuco.

Localizada a 520 km de Recife, Serrita localizada no sertão central, já é conhecida nacionalmente pela tradicional missa do vaqueiro, sendo celebrada anualmente desde 1970, no quarto domingo do mês de julho, no Parque Nacional do Vaqueiro, na localidade de Sítio das Lajes, a 32 quilômetros do centro da cidade. Esta missa, uma tradicional celebração religiosa e festa popular, atrai vaqueiros de todo o Norte e Nordeste.

Nos últimos meses, a cidade também ganhou os holofotes por ser a terra natal de João Gomes, cantor e compositor de forró e piseiro, artista que alcançou destaque nacional, figurando no topo das paradas musicais das principais plataformas de música.

Sabendo da tradição que tem o município de Serrita, que surgiu da ocupação das margens do Riacho Traíras por retirantes das secas da região, o vereador e presidente da Câmara dos Vereadores da cidade, Doda Sampaio, solicitou este pleito à deputada Roberta Arraes, que prontamente realizou o projeto que tramitou na Alepe e agora é oficial, através da Resolução 1.756/2021.

“O vereador e amigo Doda Sampaio me procurou e disse que esse pleito era um desejo antigo dos munícipes, pela cidade ser o berço da maior festa do sertão, a tradicional Missa do Vaqueiro e consequentemente agora, vai dar mais visibilidade, atrair turistas e fortalecer a cultura local. Estou muito feliz em poder participar desta conquista para Serrita e uma justa homenagem a vaqueirama”, finalizou Roberta Arraes.

COMMENTS