Buíque: Arquimedes chega as três prestações de contas do governo anterior aprovadas

Saiba mais informações clicando no link

Deputado Marcantonio Filho vistoria obra que vai melhorar abastecimento de água em municípios do Agreste Meridional
Buíque: Publicado edital de licitação para projeto da Estrada de Guanumbi
Buíque: Arquimedes e Novaes tratam de parcerias para fomentar o turismo

No primeiro ano de seu quinto mandato à frente da Prefeitura de Buíque, o prefeito Arquimedes Valença, comemora a aprovação pelo Tribunal de Contas do Estado de suas três primeiras prestações de contas do seu quarto mandato (2017 a 2020). A última prestação de contas de governo aprovada pelo TCE-PE foi a do exercício de 2019, por unanimidade pelo Primeira Câmara do Tribunal. Antes, já tinham sido aprovadas as contas de 2017 e 2018.

“Buscamos sempre trabalhar com transparência, racionalização de recursos e seriedade no uso da máquina pública. Apesar de termos herdado uma prefeitura totalmente sucateada em janeiro de 201, com foco no trabalho, seguindo as determinações e orientações dos órgãos de fiscalização, reerguemos nossa cidade, investimos fortemente na saúde, educação, agricultura, obras, assistência social, turismo, entre outras áreas. Ter a aprovação desse trabalho pelo TCE só nos orgulha e redobra nossa responsabilidade”, afirmou o prefeito Arquimedes Valença.

Segundo o voto do relator, Conselheiro Ranilson Ramos, ficou constatada na prestação de contas de 2019 que o prefeito ultrapassou o cumprimento do percentual previsto para investimentos na Educação (25%), alcançando um percentual de 28,65% das receitas. Na Saúde, a aplicação também ficou acima da meta de 15% definido pelo Art. 7º da Lei Complementar nº 141/2012. Buíque investiu 18,21% dos recursos nas ações e serviços públicos de Saúde.

O voto do relator Ranilson Ramos foi acompanhado pelos conselheiros Carlos Neves e Valdecir Pascoal. As contas de 2018 foram aprovadas em setembro do ano passado e as de 2017 em dezembro. Agora, falta apenas a Câmara de Vereadores de Buíque ratificar o parecer prévio pela aprovação das contas do prefeito Arquimedes Valença, definido pelo TCE-PE.

COMMENTS