Câmara de Camaragibe aprova projeto da prefeitura para pagar auxílio emergencial da cultura

Saiba mais informações clicando no link

CAMARAGIBE – Vereador acusa outro de roubar celular e manda ele “socar empregos no…”
Câmara de Camaragibe deve cassar Meira nesta segunda (18/11)
Novo presidente da Câmara de Camaragibe, Paulo André levanta suspeitas de favorecimento à ex-prefeitos inelegíveis e atual prefeita

A Prefeitura de Camaragibe anunciou o pagamento de Auxílio Emergencial Municipal de Cultura. O projeto de lei do executivo foi aprovado por unanimidade na Câmara de Vereadores do município e agora segue para sanção da Prefeita Doutora Nadegi. A proposta é de concessão financeira para agremiações e demais atrações artísticas que atuaram no carnaval de Camaragibe em 2020 e ficaram impossibilitados de apresentação este ano por causa da pandemia de Covid-19.

A prefeita Doutora Nadegi destacou a importância do pagamento do recurso à classe. “Nesse momento difícil que enfrentamos a cultura é um dos segmentos mais atingidos economicamente pelas restrições que visam diminuir a propagação do novo coronavírus. Encaminhamos a proposta para a Câmara de Vereadores da cidade e ficamos muito felizes com a aprovação do projeto que vai ajudar muita gente. O nosso compromisso com as pessoas tem que ser evidenciados também em momentos desafiadores e por isso damos um passo importante na viabilização de ajuda para os agentes da cultura de Camaragibe”, disse.

O presidente da Câmara de Vereadores, Paulo André, ressaltou que a aprovação da proposta ocorreu de maneira rápida e pontual. “Proposições dessa natureza precisam ser discutidas e votadas com celeridade e eficiência. E assim foi feito! O projeto foi aprovado por unanimidade pelos parlamentares presentes e já continua a tramitação habitual seguindo para a sanção da gestora. Nesses momentos de dificuldade o legislativo fortalece a parceria com a gestão porque o objetivo é unilateral. Atender essas pessoas que sofrem por causa da restrição das atividades é fundamental”, completou.

COMMENTS