Cleiton Collins critica duramente deputada do PSOL e defende comunidades terapêuticas

“É legítimo o mandato de vossa excelência, mas venha defender a vida, e não venha icentivar a destruição das família que vêm sendo ceifadas no nosso país”, disparou Collins

Willian Brígido promete lutar por mais justiça social
Deputado pede antecipação de feriados em Pernambuco durante Pandemia
Projeto social Alepe Cuida é oficializado em solenidade no TJPE

Considerado uma das maiores autoridades em Pernambuco quando o assunto é o combate ao uso de drogas, o deputado estadual Pastor Cleiton Collins subiu à Tribuna da ALEPE nesta terça-feira (21) para rebater os ataques proferidos pela deputada Jô Cavalcanti (PSOL) à aprovação, pelo Senado, do projeto de lei que prevê mudanças na política nacional sobre drogas. A matéria prevê o fortalecimento das comunidades terapêuticas e a facilitação de internações involuntárias de dependentes químicos. A parlamentar do PSOL tem posicionamento favorável à liberação do uso de drogas.

Defensor do fortalecimento das comunidades terapêuticas, Collins não poupou críticas apenas ao discurso, mas também ao posicionamento da deputada em favor das drogas.

“Vossa excelência vai garantir as vidas que estão sendo ceifadas pela violência das drogas ? Vossa excelência tem ombros para consolar às mães que já perderam os seus filhos no submundo do crack?”, disparou Collins.

Em discurso bastante contundente, Cleiton Collins também não poupou críticas à atuação de Jô à frente da Comissão de Cidadania, Direitos Humanos e Participação Popular, afirmando que o posicionamento da deputada estaria envergonhando os membros do Colegiado. Collins chegou a desafiar Jô para um debate técnico sobre “Ciência, vida e verdade” quanto aos prejuízos que a drogas acarretam não só para os dependentes, mas também para os familiares.

“É legítimo o mandato de vossa excelência, mas venha defender a vida, e não venha icentivar a destruição das famílias que vêm sendo ceifadas no nosso país”, disse Cleiton.

“Me desculpe o agravo ao discurso desequilibrado de vossa excelência”, finalizou Collins sob os aplausos de deputados e do público presente na galeria da ALEPE.

COMMENTS