Coluna Radar Político (11/07) – Qual a verdadeira intenção de Marília Arraes?

Coluna Radar Político (11/07) – Qual a verdadeira intenção de Marília Arraes?

Nome cogitado para concorrer pelo Partido dos Trabalhadores ao Palácio do Campo das Princesas no próximo ano, a vereadora Recifense Marília Arraes (im

André de Paula participa de convenção nacional do PSD
Camaragibe presente em Brasília
Radar Político (17/12) – Semana decisiva para formação do novo secretariado estadual

Nome cogitado para concorrer pelo Partido dos Trabalhadores ao Palácio do Campo das Princesas no próximo ano, a vereadora Recifense Marília Arraes (imagem) não terá nada a perder na disputa ainda que não consiga se consagrar vitoriosa no pleito, ao contrário, projetará o seu nome a nível estadual e dará o start para o processo de renovação do partido no Estado.

No entanto há quem desconfie da verdadeira intenção de Marília em colocar o nome para disputar o governo. Para estes, a grande jogada da vereadora é a de garantir o máximo de espaço possível na mídia e turbinar o seu nome para anunciar lá na frente que pretende concorrer a uma cadeira na Assembleia Legislativa. Para tal, estaria recebendo total apoio do senador Humberto Costa, político que no próximo ano disputará uma cadeira na Câmara Federal e com quem Marília poderia realizar uma dobradinha exitosa.

Neste cenário, Marília teria grandes chances de ser eleita, ajudaria na eleição de Humberto e teria a garantia de disputar a Prefeitura do Recife em 2020 sem o prejuízo de ficar sem mandato. No caso desta hipótese está equivocada e Marília esteja realmente disposta a enfrentar uma disputa majoritária, os pernambucanos teriam, ao lado de outros quadros que se colocam na disputa, uma ótima opção para confiar o voto.

Única chance – Deputado estadual que na próxima eleição deve superar os 40 mil votos, Edilson Silva (Psol) terá que trabalhar para que o seu partido realize coligação na proporcional se quiser se reeleger, pois sozinho dificilmente o Psol conseguirá os votos necessários para atingir o cociente eleitoral.

Morando numa bolha – Foi alvo de críticas nas redes sociais a declaração dada pelo secretário de Defesa Social de Pernambuco, Antônio de Pádua, afirmando que se sente seguro ao andar nas ruas do Estado.

Reforços para a candidatura – Presidente estadual do PEN e pré-candidato a deputado estadual, o vereador Recifense Davi Muniz (imagem) está aos poucos conseguindo montar uma base de apoios no município de São José da Coroa Grande. Vereadores e suplentes já falam abertamente que irão apoiá-lo. No Recife, Davi obteve mais de 11.500 votos para vereador em 2016. A sua meta é dobrar a votação na capital para buscar o restante dos votos no interior do Estado.

No risco – Eleita em 2014 na última vaga da coligação, a deputada federal Luciana Santos (PC do B) terá sérias dificuldades para se reeleger, principalmente porque perdeu Olinda, sua principal base eleitoral. Além disso, no próximo ano Luciana contará com a concorrência de Antônio Campos, político que irá disputar os votos para federal na Marim dos Caetés.

Popularidade em alta – A pouco mais de seis meses à frente do município de Aliança, o prefeito de Xistos Freitas (PSD) está conseguindo realizar uma gestão bastante exitosa. Caso permaneça neste ritmo, o gestor deverá garantir votações expressivas para os seus deputados André de Paula (PSD) e José Humberto (PTB), federal e estadual respectivamente.

Apoios garantidos – Por falar no deputado estadual José Humberto, o petebista expandiu consideravelmente as suas bases na Zona da Mata Norte. Além de Aliança, o parlamentar deverá ampliar a sua votação nos municípios de Carpina, Nazaré da Mata, Condado, Vicência, Machados, Buenos Aires e Goiana.

Abastecimento precário – Embora Roberto Tavares seja considerado um quadro técnico bastante qualificado a frente da Presidência da Compesa, parece que está lhe faltando sensibilidade para resolver os persistentes problemas de abastecimento nos municípios do Litoral Sul. Quando não é a falta de água, moradores reclamam que o precioso líquido está chegando às torneiras com coloração escura e mau cheiro.

Proativo – Contando com o serviço municipalizado de abastecimento de água, Água Preta não precisa esperar pela Compesa para realizar a manutenção de sua rede. Recentemente o prefeito Eduardo Coutinho (PSB) mobilizou uma equipe para realizar a limpeza da estação e do manancial de onde é captada a água que abastece o município.

Na rota – Após anos, o município de São José de São José da Coroa Grande, conhecido como “Terra das Piscinas Naturais”, retorna ao mapa nacional do Turismo. A inserção se deu graças a trabalho desenvolvido pelo prefeito Pel Lages (PEN, imagem), a secretaria municipal de Turismo e o apoio  fornecido por técnicos da Empetur. Com isto, o município poderá ser destino de investimentos importantes para a promoção dos seus potenciais turísticos.

Antecipação – A Prefeitura de Rio Formoso deposita nesta terça-feira (11) a primeira parcela do 13º salário de todos os servidores efetivos, contratados e comissionados. O valor adiantado é de 50%. “Graças à forma consciente de lidar com o bem público e a preocupação com a aplicação correta dos recursos é que estamos conseguindo realizar essa antecipação de pagamento”, afirmou a prefeita Isabel Hacker.

*Quer participar da coluna diária do Blog Ponto de Vista? Envie notícias da sua região para o nosso contato de whatshapp: (81) 99521-6544 (TIM) ou ligue para 97310-1317 (Claro). Se preferir, envie o assunto para o E-mail: [email protected]

Escrito por Wellington Ribeiro

COMMENTS