Comissão de Direitos Humanos debate sobre caso de adolescente retirada da família que viralizou nas redes sociais

Saiba mais informações clicando no link

Fernando Paiva se filia ao PP para disputar vaga na Câmara de Vereadores do Recife
Reciclagem é tema de audiência pública na Câmara do Recife
Andreza Romero cobra à Prefeitura implementação da Lei da Tração Animal
A Comissão de Direitos Humanos da Câmara do Recife recebeu, nesta segunda-feira(22), familiares da adolescente cujo o caso viralizou nas redes sociais na última semana. A.L, tem 17 anos e,durante a pandemia, foi diagnosticada com esquizofrenia,sendo retirada da família após denúncias de negligência feita por um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) do Recife. O colegiado é presidido pela vereadora Missionária Michele Collins(PP) e conta com os vereadores Ivan Moraes(Psol) e Joselito Ferreira(PSB).
Michele ressaltou a importância dessa escuta. “É um caso que comoveu a cidade e a Câmara é um espaço onde o povo tem voz. Então, ouvimos todos os lados para contribuir com a garantia de direitos dessa menina e de toda a sua família”,explicou.
Todos os processos estão sendo acompanhados pela presidente que visitou a residência da família, o abrigo onde a garota se encontra e o CAPS onde ela faz o tratamento. Além disso, participou de audiência com a juíza responsável pelo caso. A expectativa é que A.L volte para casa ainda nesta terça-feira, 23 de novembro.
Participaram da reunião , a irmã da jovem, Lana Mizia, a advogada da família, Taisa Guedes e representantes de saúde mental da prefeitura do Recife.

COMMENTS