Comissão de Esporte aprova regras para cavalgada, cavalhada e pega de boi

Projeto de Clóvis Paiva (PP) cria regras que buscam garantir o bem-estar dos animais, assim como a segurança dos participantes e do público.

Alepe promove seminário gratuito sobre os 30 anos da Constituição de Pernambuco
Presidente da Alepe elenca prioridades para biênio
Fabrízio Ferraz migra do PHS para o PP de Eduardo da Fonte

Projeto de Clóvis Paiva (PP) cria regras que buscam garantir o bem-estar dos animais, assim como a segurança dos participantes e do público.

A Comissão de Esporte e Lazer aprovou, nesta quarta (21), projeto de lei que visa regulamentar as práticas de cavalgada, cavalhada e pega de boi no mato em Pernambuco. As regras estabelecidas na proposta, aprovada nos termos de um substitutivo da Comissão de Justiça, buscam garantir o bem-estar dos animais, assim como a segurança dos participantes e do público que acompanha esses eventos, sejam eles recreativos ou profissionais.

Proposta pelo deputado Clovis Paiva (PP), a matéria exige que os organizadores dessas atividades obtenham autorização prévia da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro). Impõe, ainda, que os responsáveis implantem medidas de proteção à integridade física de vaqueiros, cavaleiros, amazonas e animais.

Entre as regras estabelecidas na proposta estão a proibição da participação de animais que apresentem ferimentos ou sangramentos, o uso de arreios que não causem danos aos equinos e muares, a não utilização de objetos cortantes e de choque na lida com os bichos e o uso obrigatório de botas e luvas pelos participantes. “Qualquer maltrato proposital aos animais acarretará a responsabilização civil e criminal daquele diretamente envolvido na ocorrência, na forma da legislação aplicável”, estabelece o texto.

Fonte: ALEPE

COMMENTS