CONCURSO PÚBLICO OFERECERÁ 3 MIL VAGAS EM PERNAMBUCO

Concurso para preenchimento de 3 mil vagas para professor da rede pública estadual terá o seu edital divulgado até o fim de novembro, foi o que an

Recife chega a 95% das escolas públicas municipais climatizadas
Paudalho lança plataforma de aprendizagem online Educa na Web para alunos da rede municipal de ensino
Tonhão garante participação de Água Preta em projeto educacional para crianças

concurso-público

Concurso para preenchimento de 3 mil vagas para professor da rede pública estadual terá o seu edital divulgado até o fim de novembro, foi o que anunciou o governador Paulo Câmara no Palácio do Campo das Princesas em evento realizado ontem, Dia do Professor.

O governador também aproveitou a ocasião para anunciar a reconstrução de 13 escolas na Mata Sul de Pernambuco que foram destruídas na enchente de 2010. Pasmem! É isso mesmo que você acabou de ler, pois só agora passados mais de  5 anos da catástrofe que atingiu a zona da Mata Sul de Pernambuco é que o Governo estadual preocupou-se em restaurar estas 13 unidades escolares. Estas escolas estão localizadas nos municípios de Barreiros, Catende, Pombos, Escada, Palmares, Maraial e São Benedito do Sul. Com investimentos na ordem de R$33,8 milhões, a previsão para a conclusão das obras é para 2016.

Em relação ao concurso público, segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (SINTEPE) há uma carência gritante de profissionais da educação no Estado e que embora o concurso venha a contemplar 3 mil novas vagas, o déficit de docentes é muito maior em Pernambuco, chegando a 18 mil professores e quem sofre mais com esta falta de profissionais são os Municípios do interior do Estado, onde está concentrada a maioria das 1.049 escolas públicas estaduais e os cerca de 650 alunos.

Vale salientar aos interessados no processo seletivo, que embora o governador tenha anunciado a realização do concurso para este ano, o Estado de Pernambuco está acima do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal, portanto impedido de contratar de maneira imediata os que porventura venham a ser selecionados no concurso enquanto esta questão não se restabelecer. De acordo com o secretário de Educação, Fred Amâncio, a previsão para a contratação dos novos concursados está prevista apenas para o mês de abril de 2016 e mais de metade das vagas ofertadas será para professores da área de exatas (Matémática, Física e Química).

Escrito por Wellington Ribeiro

COMMENTS