Danilo manifesta preocupação com falta de debate estratégico na Educação

Danilo manifesta preocupação com falta de debate estratégico na Educação

O deputado federal Danilo Cabral (PSB-PE) manifesta preocupação com a ausência de um debate mais estruturado sobre a educação no atual governo. O

Danilo Cabral pede à PGR para investigar Bolsonaro após revelações de Moro
PL de Sebastião Oliveira quer mais dinheiro para estados e municípios
Relator acata emenda de Eduardo da Fonte que beneficia pacientes com câncer

O deputado federal Danilo Cabral (PSB-PE) manifesta preocupação com a ausência de um debate mais estruturado sobre a educação no atual governo. O parlamentar registra que, até aqui, o governo não apontou o caminho que seguirá na área, estratégica para o desenvolvimento do país.

“Infelizmente, o que temos é uma disputa política no Ministério entre os grupos ligados às forças armadas, ao Olavo de Carvalho e ao ministro de Educação. Enquanto isso ocorre, o Paulo Guedes articula cortes no orçamento. É mais uma situação que mostra a ausência de comando do presidente, que precisa esquecer o Twitter e começar a governar”, afirmou o parlamentar.

Para o socialista, é lamentável que um ministério tão importante e estratégico como o da Educação seja objeto de disputa interna do Governo. “A educação precisa de investimentos, de gestão. Precisamos discutir o cumprimento das metas do Plano Nacional de Educação (PNE), o Fundeb, por exemplo”, disse Danilo Cabral.

As disputas dentro do Ministério vieram à tona há cerca de 10 dias, quando o ministro Ricardo Vélez Rodriguez afastou alguns funcionários, responsabilizando-os de enviar para as escolas do país uma carta pedindo para os alunos cantarem o hino nacional e lerem o slogan da campanha do presidente Bolsonaro, o que desagradou o grupo defensor das ideias “Olavistas”. Este grupo, por sua vez, estaria tentando derrubar o ministro. Neste terça-feira (12), essas disputas culminaram com expressão de baixo calão no Twitter.

COMMENTS