Delegada Gleide Ângelo entrega mais veículos para prefeituras

Saiba mais informações clicando no link

Delegada Gleide Ângelo Camaragibe Angelim e Palmerina, no agreste, Lagoa de Itaenga, na mata norte, e Camaragibe
A deputada Delegada Gleide Ângelo finaliza seu primeiro mandato levando a 11 cidades de todas as regiões pernambucanas automóveis para equipar as secretarias e coordenadorias municipais de proteção e apoio às mulheres. Os veículos foram adquiridos por meio de emendas parlamentares estaduais executaras pela Secretaria da Mulher de Pernambuco.
“Pode parecer um gesto simples, mas, em muitas cidades, há uma carência de equipamentos básicos para uma atuação mais ampla da rede municipal. E um veículo vai facilitar não apenas o trabalho burocrático, como também vai viabilizar a busca ativa, levando as profissionais das secretarias ou coordenadorias até as vítimas de violência doméstica e familiar. Isso é o que chamamos de busca ativa e é a maneira mais eficiente de a mulher vítima compreender que não está sozinha , pois a rede chega até ela”, explicou a Delegada.
Os municípios de Angelim e Palmerina, no agreste, Lagoa de Itaenga, na mata norte, e Camaragibe, na região metropolitana, foram contemplados com novos veículos na última semana. Até o dia 31 de dezembro, outras cidades como Itamaracá, ainda no grande Recife, Ribeirão e Tamandaré, na mata sul e Pesqueira e Salgueiro, no sertão, também devem ser beneficiados.
QUALIFICAÇÃO — A deputada Gleide também conseguiu uma articulação importante para que a Secretaria da Mulher do Estado recebesse R$1,5 milhão em emendas federais do senador Fernando Bezerra Coelho, cujo mandato se encerra este ano. A verba vai financiar o programa Qualifica Mulher, maior projeto de qualificação e geração de renda para mulheres desde o Chapéu de Palha. Serão mais de sete mil certificados em áreas como gastronomia, estética e tecnologia para mulheres sentidas as regiões pernambucanas. “O Qualifica Mulher é uma alternativa importantíssima que vai permitir autonomia de milhares de pernambucanas. Essa articulação reforça nosso trabalho para a criação de alternativas que podem transformar a vida das mulheres em situação de vulnerabilidade”, declarou.

COMMENTS