Deputada Alessandra Vieira recebe a presidente do GAC-PE para debater ações do Setembro Dourado

Saiba mais informações clicando no link

Alepe realiza mutirão de serviços gratuitos à população para marcar os 30 anos da Constituição Estadual
“Não permitiremos o esvaziamento do polo fármaco-químico de Goiana”, defende Armando
Com Projeto de Lei de Gustavo Gouveia, mulheres poderão ter mais vagas em concursos de Segurança Pública

A deputada Alessandra Vieira (PSDB) recebeu nesta quarta-feira, 01 de setembro, a oncologista pediátrica e presidente do Grupo de Ajuda à Criança Carente com Câncer – Pernambuco (GAC-PE), Dra. Vera Morais, em seu gabinete, na Assembleia Legislativa (Alepe). Em pauta, o Setembro Dourado, que é marcado pela realização da campanha de conscientização sobre o câncer infanto-juvenil, mês que reforça a importância do acompanhamento pediátrico de rotina e o diagnóstico precoce da doença.

A deputada tucana é autora da Lei Nº 17.233/2021, que institui a Política Estadual de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente com Câncer, com o objetivo de aprimorar o tratamento e a assistência, além de reduzir a mortalidade e melhorar a qualidade de vida deste público . Já no Projeto de Lei Nº 2260/2021, que tramita pelas comissões da Alepe, Alessandra propõe a implantação do Programa “Fique Atento, Pode Ser Câncer”, iniciativa do GAC-PE, na Rede Estadual de Saúde para a qualificação de profissionais de saúde no atendimento e na suspeição dos sinais e sintomas na fase inicial do câncer.  “São pautas prioritárias do meu mandato à medida que ouvia o apelo de mães, que, além da situação de vulnerabilidade social, tiveram seus filhos acometidos por essa doença que pode ser devastadora”, afirmou a parlamentar.

Para marcar o Setembro Dourado, o GAC-PE solicitou uma audiência pública sobre as políticas de oncologia pediátrica em Pernambuco. O pedido recebido por Alessandra seguirá para apreciação da Comissão de Saúde e Assistência Social da Alepe. “É uma honra ser recebida por uma deputada comprometida com a dor de tantas famílias. Um encontro como esse serve para fomentar ações práticas que reduzam o sofrimento e aumente as chances de cura”, destacou a médica Vera Morais.

Também participaram da reunião o coordenador de Comunicação do GAC-PE, John Farias; e a assistente social Naila Soares. O GAC-PE é uma organização social que há 24 anos atua na prestação de assistência social humanizada às crianças, adolescentes e jovens com câncer em tratamento no Centro de OncoHematologia Pediátrica (CEONHPE) do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC).

COMMENTS