Deputado Antônio Moraes debate parcerias para empreendedores pernambucanos

Saiba mais informações clicando no link

ALEPE protagoniza debate sobre combate à violência no Agreste e pacificação no Sertão
Radar Político (17/05) – Sebastião Oliveira prepara o troco
Antônio Moraes pede delegado especializado para investigar morte de vereador de Carpina


Na última terça-feira(22/06), O Presidente Executivo da Federação das Empresas Juniores do Estado de Pernambuco, Cícero Damasceno, o responsável pelas Relações Institucionais e Governamentais da Fejepe, Pedro Casé, e o coordenador de Relacionamento do Encontro Nacional de Empresas juniores (ENEJ), Daniel Urquiza, foram recebidos pelo deputado estadual Antônio Moraes, em seu gabinete na Assembleia Legislativa de Pernambuco.

O encontro teve como propósito apresentar ao deputado o “Empreenda Pernambuco”, projeto voltado à inovação e apoio ao ecossistema empreendedor local e, principalmente, às micro e pequenas empresas e, ainda, ao Encontro Nacional das Empresas Juniores, o ENEJ21, que será sediado em Recife, no próximo mês de setembro.

Durante o encontro, foram debatidas possibilidades de articulação visando amplificar o suporte aos micro e pequenos empreendedores, com aqueles que têm o mesmo objetivo e são prestados pelo poder público estadual, como a Central de Oportunidades de Pernambuco(COPE) e demais iniciativas públicas voltadas para o empreendedorismo local.

O “Empreenda Pernambuco” realizará ações diversas para os empreendedores, como contatos com entidades financiadoras e rodadas de Fast Consulting (mutirão de consultorias gratuitas). Por sua vez, o Encontro Nacional das Empresas Juniores terá como caminho até a sua realização, etapas mensais da Jornada Pernambuco do Futuro, iniciativa que visa estimular a economia local por meio da inovação. Todo os produtos da Jornada terão como foco o impacto no ecossistema pernambucano, de modo a integrar as empresas juniores de todo o Brasil, a partir dos desafios de inovação aberta. Com isso, jovens universitários do País inteiro poderão pensar em soluções para o Estado pernambucano.

COMMENTS