Deputado pede que cristãos não votem em Paulo Câmara

Deputado pede que cristãos não votem em Paulo Câmara

Nesta quarta-feira, dia 1º, Em reunião que marcou a volta do recesso parlamentar nesta, deputados estaduais levantaram o debate acerca dos episódi

Joel da Harpa faz parte da bancada evangélica na ALEPE

Nesta quarta-feira, dia 1º, Em reunião que marcou a volta do recesso parlamentar nesta, deputados estaduais levantaram o debate acerca dos episódios que aconteceram no 28º Festival de Inverno de Garanhuns.

Na bancada evangélica, os deputados Adalto Santos (PSB), André Ferreira (PSC) e Joel da Harpa (PP) teceram duras críticas ao cantor Johnny Hooker, artista que chamou Jesus de bicha e travesti, além de ter proferido ofensas contra o público presente. 

“Se Paulo Câmara pagar o cachê, o voto dos cristãos ele não deve ter”, esbravejou o deputado estadual Joel da Harpa contra o pagamento do show do cantor.

Já o deputado estadual André Ferreira, aproveitou a oportunidade para responsabilizar o governador Paulo Câmara pelo ocorrido ao ter permitido que a Secretaria Estadual de Cultura contratasse a peça “O evangelho segundo Jesus, a rainha dos céus”. Segundo André, todo o problema foi iniciado por conta da peça polêmica.  “O governador erra por omissão!”, apontou o deputado Ferreira.

Na ALEPE há uma movimentação de deputados para pressionar o governador a não autorizaro pagamento do cachê de R$ 35 mil reais ao artista.

Escrito por Wellington Ribeiro

COMMENTS