Descaso na Saúde marca gestão de Padre Joselito em Gravatá

Saiba mais informações clicando no link

“Gravatá está precisando de fato de um prefeito”, afirma Waldermar Borges ao avaliar administração de Joaquim Neto
Focando 2020, Avante promove Encontro Estadual
Eduardo da Fonte garante R$ 8 milhões para Gravatá


Ao depositar massivamente votos de confiança em Padre Joselito (PSB ) na eleição de 2020 a população de Gravatá esperava que o município avançasse no cuidado de áreas importantes a exemplo da saúde, no entanto, ao que parece, não é bem isso que tem acontecido. Se eu já recebia relatos de populares com duras críticas à saúde de Gravatá, pude sentir de perto o quanto ela precisa melhorar.

Passando uma curta temporada aqui no município precisei recorrer aos serviços do Hospital Municipal Doutor Paulo da Veiga Pessoa para atender a uma emergência relacionada ao meu filho, no entanto pude constatar a demora no atendimento que sequer chegou a ser concluído após mais de duas horas de ter dado entrada no Hospital. Tamanha a demora no atendimento e grande falta de atenção, preferi me dirigir com o meu filho ao Recife para realizar os exames necessários e receber o atendimento adequado.

É inadmissível constatar por parte da gestão do prefeito Padre Joselito tamanho negligenciamento em uma área tão importante como é a saúde, sobretudo no que se refere ao atendimento de emergência. Um município do porte e importância turística que é Gravatá precisa urgentemente garantir um atendimento de emergência à altura do que merece seus munícipes e visitantes.

Wellington Ribeiro

COMMENTS