EM CLIMA DE DISPUTA, PT DE SÃO JOSÉ DA COROA GRANDE REALIZA PLENÁRIA

O Partido dos Trabalhadores (PT) realizou na noite da última quinta-feira (03) a Plenária Municipal de Formação de novos filiados. O evento ocorre

Deputado José Humberto solicita antecipação da vacina contra a gripe H1N1 para municípios da região
Oposição condena radicalização e pede reabertura do diálogo entre governo e Associação de Cabos e Soldados
Vereador Carrapicho na corrida pela prefeitura de Tamandaré
11992648_775915935852490_827718206_n

Plenária do PT em São José da Coroa Grande

O Partido dos Trabalhadores (PT) realizou na noite da última quinta-feira (03) a Plenária Municipal de Formação de novos filiados. O evento ocorreu na Câmara Municipal de Vereadores e contou com a participação de mais de 100 pessoas.

Na ocasião esteve presente o Secretário Estadual da Juventude do PT, Clayton Cabral, que foi o responsável pela condução da Plenária, o militante João Paulo Oliveira, que representou o Senador Humberto Costa, o assessor Diego Pessoa e o Secretário Municipal de Organização do Partido, José Alexandrino de Melo Filho.

Militantes históricos e fundadores do partido em São José da Coroa Grande como Félix da Caixa, seu Eduardo e Nelson Sena, fizeram questão de participarem deste momento histórico para a sigla no Munícipio. A reunião ainda contou com uma forte representação dos movimentos sociais e sindicais locais, além da presença do  Secretário de Agricultura, Kennedy Figueiredo, do Diretor de Obras, Neco Paulo, da ex-vereadora, Cícera Silva e do Presidente da Câmara e pré-candidato a prefeito, Beto do Abreu (PDT).

11349872_775915962519154_832223294_n

Plenária do PT em São José da Coroa Grande

Idealizada pelas novas lideranças do partido, Wagner Geminiano e André Dahoui, a Plenária realizada esta semana sob a condução da executiva estadual, além de ser uma das etapas a serem cumpridas para a realização do Processo de Eleição Direta – PEDEX, que será realizado em outubro, marcou uma virada na história da construção do partido no município e foi uma resposta direta as pretensões do atual presidente municipal do PT, Salomão Barros, de continuar no comando da sigla.

“Esta guinada na construção do partido no município o traz de volta para os braços de onde ele nunca deveria ter saído, os braços dos militantes, dos filiados, dos companheiros e companheiras que fazem o partido no dia a dia, na luta e no enfrentamento político diário. E isto é uma coisa que diferencia o PT da grande maioria dos demais partidos, o PT não tem dono, o PT é dos trabalhadores, o PT é de todos os seus filiados. E é para construir este PT no município que nos filiamos à ele”, ressaltou Wagner Geminiano mandando um recado direto para Salomão Barros.

1477982_392797524184730_2022014641_n

Salomão Barros – Presidente da Comissão Provisória do PT em SJCG

Sem título 2

Wagner Geminiano promete melhorar desempenho do partido no município

Uma das queixas relatadas por Wagner são os desempenhos constrangedores que a sigla alcançou nas últimas eleições municipais tendo Salomão Barros como dirigente. “De uma coisa temos certeza, o partido estará forte e representativo, como nunca esteve, para as próximas eleições. Onde deverá ter como principal objetivo, eleger representantes, pela primeira vez na história do partido do município, para a Casa Amaro Marcelo”, destacou Geminiano.

Rompido politicamente com o atual Governo Municipal, Salomão Barros trava uma verdadeira briga para manter o comando da sigla no município, principalmente agora que ver a sua hegemonia ser ameaçada pelos secretários municipais, Wagner Geminiano e André Dahoui.

A disputa pelo comando do Diretório municipal do PT se acentuou últimos meses com a corrida por novas filiações. Enquanto o grupo coordenado por Wagner Geminiano e André Dahoui e que conta com o apoio de outras lideranças históricas obteve a adesão de 190 novos filiados, o atual dirigente não atingiu a quantidade de 70 novas adesões, ameaçando assim ainda mais a sua permanência no posto de presidente. Vale lembrar que Salomão Barros  foi convidado para compor a mesa mas preferiu permanecer no lado de fora da Câmara, evidenciando desta forma o acirramento da disputa interna.

Escrito por Wellington Ribeiro

COMMENTS