Em rede nacional, Sikêra Júnior repercute posicionamento da ACS-PE sobre manifestação no Recife

O apresentador defendeu os Policiais e falou com o presidente da ACS que trouxe novas imagens e fatos sobre o ocorrido.

Albérisson Carlos revela documento oficial que mostra de quem partiu a ordem da PM na dispensação de manifestantes no Recife
Albérisson Carlos e Mendonça Filho fazem caminhada juntos nesse domingo (11)
Em debate na TV Nova, presidente da ACS-PE discute estatuto do armamento com advogada do criminoso Lázaro


O apresentador do programa Alerta Nacional da RedeTV!, Sikêra Júnior, falou sobre a repercussão das manifestações que ocorreram no último sábado (29) no Recife e que houve confronto entre os manifestantes e a Polícia Militar de Pernambuco.

O confronto teve grande repercussão e o apresentador defendeu a ação policial no ato. Além de receber o presidente da Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE), Albérisson Carlos, que esclareceu os fatos e trouxe ponto relevantes para o entendimento da situação, em defesa dos Policiais.

Albérisson afirmou que o Estado atualmente está regido através de um decreto estadual que visa conter qualquer tipo de aglomeração.

“Se você não pode ir à praia, a o restaurante e se até o trabalhador não pode exercer sua função nos dias em que estão previstos para que o comércio não funcione. Não diferente, no dia 29 de maio, havia uma recomendação do Ministério Público, não houvesse qualquer tipo de manifestação do tipo que houve”, explicou Albérisson.

Ainda de acordo com o presidente da ACS-PE, a Polícia Militar é acionada para conter esse tipo de situação, visando conter a proliferação da pandemia da covid-19.

“O que aconteceu aqui foi uma determinação que ele cumpriu do próprio estado”, finalizou.

O apresentador Sikêra Jr, falou sobre a depredação que aconteceu depois do protesto e questionou os pedidos de “fique em casa” que foram orquestrados por políticos e militantes da esquerda.

COMMENTS