Em reunião com Frente dos Prefeitos, Miguel defende reforma tributária que não aumente impostos para a população

Saiba mais informações clicando no link

RADAR POLÍTICO (19/05) – Rodrigo Novaes tem papel de destaque na interiorização do Turismo e retomada do setor no pós-pandemia
Deputados da Frente Parlamentar de Orçamentos solicitam informações ao Estado
RADAR POLÍTICO (23/04) – Divisão da oposição favorece ao PSB

Prefeito Miguel Coelho – Foto: Jonas Santos

O secretário-geral da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), Miguel Coelho, afirmou, nesta segunda (23), que a reforma tributária é uma pauta urgente para o Brasil. O gestor petrolinense defendeu, no entanto, que as mudanças não podem gerar novos tributos para o cidadão brasileiro. Miguel falou sobre o tema em reunião geral da Frente dos Prefeitos, realizada de forma virtual.

Para o prefeito de Petrolina, a reforma tributária é uma medida que poderá estimular o empreendedorismo e a competitividade no setor produtivo. Ainda segundo o secretário-geral da FNP, o pacote de medidas deve desburocratizar e simplificar o sistema fiscal, mas deve preservar os espaços das prefeituras e dos governos de estados.

No encontro virtual com os prefeitos, Miguel reforçou que a população já paga muitos impostos, por isso, não é sensato criar qualquer nova tributação para a população. “É uma reforma necessária que precisa ser discutida com transparência com toda a sociedade. Hoje, o sistema é muito burocrático, complexo e aperta o trabalhador. Por isso, defendo a criação de um novo marco tributário, mas que não pese de jeito algum no bolso dos brasileiros”, afirma o prefeito de Petrolina.

COMMENTS