Escolas Municipais Manoel Davi e Eronides Soares recebem desenhos do Projeto Arte do Grafite

Escolas Municipais Manoel Davi e Eronides Soares recebem desenhos do Projeto Arte do Grafite

O grafite é uma manifestação artística, e os alunos Luiz Maciel Silva dos Santos e Yasmin Victória dos Santos, representando as escolas Manoel Davi

Governo de Pernambuco mobilizará órgãos para apoiar fiscalização nas cidades litorâneas
Charneca ganha base descentralizada do Samu
RADAR POLÍTICO (30/03) – Escolher o partido errado pode custar muito caro para quem sonha em se manter ou chegar no poder
O grafite é uma manifestação artística, e os alunos Luiz Maciel Silva dos Santos e Yasmin Victória dos Santos, representando as escolas Manoel Davi e Eronides Soares, respectivamente, venceram a etapa “Caminho das Águas” do Programa Arte do Grafite, que teve como tema: Grafite como forma de expressão. Nesta semana, as escolas com os desenhos dos alunos vencedores, receberam as obras que saíram do papel e foram para as paredes das instituições.  O prefeito em exercício, Keko do Armazém, esteve na escola para conferir os trabalhos de grafitagem. “É um orgulho para nós descobrir talentos entre os alunos da rede municipal.  Uma mostra de como  a educação do município tem se destacado para além de suas fronteiras”, disse Keko.
Os desenhos feitos pelos alunos foram escolhidos através de voto popular e voto da comissão julgadora do Programa. O programa tem como objetivo utilizar a arte para conscientizar a sociedade sobre as formas de uso da água e mecanismos para evitar seu desperdício. As escolas dos alunos vencedores, também receberam um workshop com a participação de 30 alunos sobre grafitagem com grafiteiros locais e do estado de São Paulo.
Os artistas cabenses Júnior Frio e Lucas Faustino estiveram encarregados de auxiliar os alunos na realização dos desenhos nas paredes das escolas. Para o grafiteiro Lucas Faustino, é uma grande satisfação o grafite ocupar as escolas de forma educativa. “Levar os desenhos para as paredes das escolas é uma grande emoção e para o aluno deve ser ainda maior.”, disse.
Na etapa final, o Cabo de Santo Agostinho foi representado por seis desenhos de alunos das escolas municipais, e ainda esteve como a única cidade de Pernambuco na participação do Programa. As ilustrações que não conseguiram ser escolhidas, estarão presentes no livro sobre o dia do grafite, que será distribuído gratuitamente ao final do projeto.

COMMENTS