Fabrizio Ferraz se reúne com secretário de Defesa Social

Saiba mais informações clicando no link

Clodoaldo Magalhães fala sobre os seus desafios na 1ª Secretaria e perspectivas do seu mandato enquanto parlamentar à TV Alepe
Oposição lamenta morte de jovem e cobra rigor nas investigações
Wanderson Florêncio: “Assumo o mandato na base aliada e pronto para colaborar com o governo Paulo Câmara”

Na manhã de hoje (1º), o secretário de defesa Social do Estado , Antônio de Pádua, esteve Assembleia Legislativa de Pernambuco para uma reunião com os deputados estaduais sobre a ação da Polícia Militar do último sábado. A operação aconteceu no centro do Recife, durante um protesto contra o governo de Jair Bolsonaro, quando as forças policiais utilizaram spray de pimenta e balas de borracha para dispersar a multidão, deixando feridos.

Pádua foi recebido por um grupo de deputados, dentre eles, o presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros, e o presidente da Comissão de Segurança Pública e Defesa Social, deputado Fabrizio Ferraz. De acordo com Ferraz, o secretário assegurou que as devidas providências já estão sendo tomadas. “ A Polícia Civil de Pernambuco já instaurou inquérito policial em caráter especial para apurar os fatos e designou dois delegados para o caso; a Polícia Militar também instaurou inquérito policial militar e determinou a realização de um estudo de caso e a Corregedoria da PMPE instaurou seis processos disciplinares. As investigações já estão em andamento e nós iremos acompanhar de perto”, afirmou.

“É fundamental que os fatos sejam devidamente apurados, os erros sejam identificados e os responsáveis sejam isoladamente responsabilizados, dentro do devido processo legal e respeitando o direito da ampla defesa e do contraditório. Uma ação específica como essa não pode comprometer o prestígio e a boa imagem da corporação como um todo”, finalizou o parlamentar.

COMMENTS