Felipe Carreras busca apoio da ministra da Cultura para a Paixão de Cristo de Nova Jerusalém

Saiba mais informações clicando no link

Deputado Felipe Carreras Ministério da Cultura Margareth Menezes Paixão de Cristo de Nova Jerusalém
O deputado federal Felipe Carreras, líder do PSB na Câmara, teve importante encontro, nesta quarta-feira (25), com a ministra da Cultura, Margareth Menezes, e equipe, para buscar apoio e recursos do Executivo para o espetáculo ‘Paixão de Cristo de Nova Jerusalém’. Carreras foi acompanhado do presidente da Sociedade Teatral de Fazenda Nova, Robinson Pacheco.

“O espetáculo mexe com a autoestima do pernambucano, do nordestino. É importante demais não só para Pernambuco, mas para toda a Região Nordeste. Com a pandemia da Covid-19, vimos o evento perdendo apoio, sendo que nos últimos dois anos, foi prometida ajuda por parte do Governo. Não se pode brincar com o sonho das pessoas. O espetáculo tem 54 anos de história, envolve 1500 empregos diretos e 9 mil indiretos. Há de se fazer justiça por esse evento que é significativo para a economia da região”, ressaltou o parlamentar.

Carreras pediu à ministra que convidasse o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para assistir ao espetáculo deste ano, que vai acontecer entre 1 e 8 de abril.

“No final do ano passado, a Comissão de Cultura da Câmara aprovou nosso PL 4409/21, que torna o espetáculo patrimônio cultural imaterial do país para todos os efeitos legais. O reconhecimento do colegiado mostra que avançar com essas propostas é dar o merecido valor aos empregos diretos e indiretos gerados por meio da cultura. A legislação dá o amparo necessário, garantias e segurança jurídica para que as atividades se desenvolvam”, acrescentou Felipe Carreras.

O parlamentar também é presidente da Frente Mista em Defesa da Produção Cultural e Entretenimento, e autor do PL 5638/20, sancionado como Lei 14148/21, que criou o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos, o PERSE. A matéria se tornou um dos principais mecanismos para a retomada das atividades dos setores de eventos, entretenimento, artístico, cultural, e do turismo, garantindo, por exemplo, a isenção de pagamento de impostos federais pelo período de 5 anos.

COMMENTS