Geraldo anuncia 163 novos leitos para pacientes com Covid-19 nas policlínicas do Recife

Saiba mais informações clicando no link

Pernambuco registra mais 1.023 casos de Covid-19 e mais 67 mortes
SDS do Cabo e 18º Batalhão da PM realizam ação preventiva de combate ao Covid-19 no litoral cabense
Articulação de Tião do Gesso garante R$ 900 mil para a saúde de Araripina


A Prefeitura do Recife continua o trabalho para ampliar a oferta de leitos exclusivos para os pacientes da Covid-19 e vai abrir mais 163 leitos nas policlínicas da cidade. Na manhã desta terça-feira (31), o prefeito Geraldo Julio anunciou a entrega dos primeiros 41 novos leitos de enfermaria na Policlínica Amaury Coutinho, na Campina do Barreto, Zona Norte do Recife, onde foi erguida uma Unidade Provisória de Isolamento. Os leitos fazem parte do Plano Municipal de Contingência Covid-19. Com as 163 vagas criadas nas policlínicas, além das 208 já anunciadas no Hospital da Mulher do Recife, a cidade chega a 371 leitos hospitalares voltados para os pacientes do coronavírus.

O prefeito Geraldo Julio afirmou que desde antes mesmo da decretação da pandemia, a Prefeitura iniciou o Plano de Contingência com o principal objetivo de salvar vidas. “Com a decretação da pandemia, nós iniciamos sete obras com o objetivo de criar leitos hospitalares exclusivos para pacientes da Covid-19. Sessenta e cinco novos leitos já estão em funcionamento no Hospital da Mulher e hoje nós estamos abrindo 41 na Policlínica Amaury Coutinho, onde construímos uma Unidade Provisória. Ao todo já são 106 leitos em funcionamento. Nós temos outras obras nas policlínicas em andamento, próximas da conclusão. São construções de unidades provisórias que vão disponibilizar mais 163 leitos, sendo 24 deles com respiradores pulmonares”, afirmou o prefeito.

Para abrigar os novos leitos, a área interna do Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da Amaury Coutinho passou por readequação e otimização dos espaços físicos e disponibilizou 11 novos leitos de enfermaria, duas salas de observação para pacientes com Síndrome Respiratório Aguda Grave (Srag), consultório médico e área para manejo e estabilização de pacientes críticos, para posterior transferência, se necessário. Já na área externa, foi montada uma Unidade Provisória de Isolamento (UPI) com outros 30 leitos de enfermaria.

Estruturas semelhantes estão sendo realizadas nas demais Policlínicas da cidade. No total, a Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife disponibilizará 163 leitos de retaguarda para pessoas infectadas com o novo coronavírus. O anúncio da ampliação do atendimento na Amaury Coutinho acontece um dia depois de a Prefeitura abrir 19 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para infectados pelo novo coronavírus no Hospital da Mulher do Recife (HMR), no Curado. Somando-se aos 12 leitos de UTI que já estavam disponíveis no HMR, a PCR já conta com um total de 31 leitos de UTI para os infectados pelo novo coronavírus. Outros 34 leitos de enfermaria estão prontos para receber casos de Covid no Hospital da Mulher. Quando tudo estiver pronto, o HMR terá 208 leitos para os infectados por coronavírus, sendo 54 de UTI e 154 de enfermaria.

O prefeito Geraldo Julio também falou sobre as ações que a Prefeitura do Recife vem tomando para enfrentar o desafio da Covid-19. “Para diminuir os desafios do isolamento social que o coronavírus trouxe, no primeiro dia da suspensão das aulas a gente distribuiu 270 toneladas de alimentos em kits merenda para os alunos e logo em seguida nós distribuímos mil toneladas de alimentos, em cestas básicas, para as famílias dos nossos alunos. Para as pessoas em situação de rua preparamos 120 vagas em um abrigo temporário com cuidadores, alimentação e já temos pessoas em situação de rua abrigadas nesses locais. Os nossos Restaurantes Populares, já no primeiro momento, também fizeram as mudanças do estilo “bandejão” para a distribuição de marmitas e está previsto a entrega de 195 mil quentinhas pelos nossos restaurantes durante esse período”, disse o prefeito.

COMMENTS