Geraldo entrega 11 novas ambulâncias do SAMU 192 e anuncia abertura da Ala de Alto Risco do HMR

Dois anúncios para reforçar a saúde do Recife foram feitos pelo prefeito Geraldo Julio na manhã desta sexta-feira (26). O primeiro foi a entrega de

Hospital Veterinário do Recife será ampliado
Paulo Câmara investe R$3,5 milhões no Compaz do Coque
Prefeito Geraldo Julio entrega 18 novas viaturas para a Guarda Municipal do Recife

Dois anúncios para reforçar a saúde do Recife foram feitos pelo prefeito Geraldo Julio na manhã desta sexta-feira (26). O primeiro foi a entrega de 11 novas ambulâncias do SAMU 192, que vão reforçar a frota e assegurar um atendimento mais eficiente e seguro para os cidadãos. Os veículos totalizam investimento de R$ 2 milhões, custeados pela Prefeitura em parceria com o Ministério da Saúde. No evento, realizado na sede do SAMU, na Boa Vista, o prefeito comemorou ainda o marco de 1 milhão de atendimentos no Hospital da Mulher do Recife e anunciou a abertura da Ala de Alto Risco da unidade em setembro.

“A chegada dessas 11 novas ambulâncias vai diminuir ainda mais o tempo entre a chamada e o início do atendimento. Nós já reduzimos à metade este tempo e isso é essencial, porque quanto mais rápido mais chances de salvar vidas. O tempo é fundamental”, explicou o prefeito. Dessas 11, duas ambulâncias serão usadas como Unidades de Suporte Avançado (USA), que funcionam como UTI móvel, capaz de atender casos mais graves. Essas últimas vão circular com aparelhos de alta tecnologia, um médico, um enfermeiro, um técnico de enfermagem e um condutor-socorrista.

O coordenador do SAMU 192, Leonardo Gomes, explica que os novos veículos chegam para renovar a frota e vão substituir ambulâncias antigas. A troca garante mais economia nos gastos, principalmente com manutenção. “Entregamos hoje dois tipos de ambulâncias – as de Unidade Básica e as UTIs Móveis. São veículos novos, modernos e que têm um custo de manutenção menor e vão ajudar muito na renovação da nossa frota”, detalhou.

Atualmente, a frota do SAMU é composta por 23 ambulâncias permanentes do serviço, oito motolâncias, dez veículos do tipo 4×4 (que substituem os furgões no período de chuva), além de dois helicópteros que fazem parte de convênios firmados com a Polícia Rodoviária Federal de Pernambuco e o Grupamento Tático Aéreo da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco.

Nos últimos anos, o SAMU 192 vem recebendo investimentos significantes da gestão. Entre eles, pode-se cita a ampliação de quatro para 11 bases descentralizadas na cidade, a contratação de cem profissionais para compor a equipe e o uso de novo software de gerenciamento de registros para a Central de Regulação Médica.

ALA DE ALTO RISCO – Durante a entrega, o prefeito anunciou ainda a data de início de funcionamento da ala de alto risco do Hospital da Mulher do Recife (HMR). O novo espaço será aberto no dia 16 de setembro e terá 68 novos leitos destinados a mulheres com gravidez de alto risco e aos recém-nascidos graves, que precisam de assistência especializada. O anúncio só foi possível porque, neste mês, o Governo Federal publicou portaria habilitando a abertura do novo serviço.

Hoje celebramos 1 milhão de atendimentos no Hospital da Mulher, entre cirurgias, partos, exames, consultas. Tudo isso oferecido com muita qualidade e o carinho de todos os profissionais que trabalham lá. Além disso, também celebramos que, em setembro, estaremos em pleno funcionamento com a nova ala de alto risco”, explicou o prefeito.

Segundo a Diretora Executiva de Regulação, Média e Alta Complexidade da Secretaria de Saúde do Recife, Eliane Germano, Recife é o primeiro município do Estados a assumir a responsabilidade com as gestações de alto risco. “Todas as demais cidades encaminham os casos para a rede estadual de saúde”, afirmou.

A ala de alto risco conta com duas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), sendo uma com 10 leitos para bebês e outra com 10 leitos para mulheres, e duas Unidades de Cuidados Intermediários (UCI) com 27 leitos – sendo 15 no modelo Canguru (que acolhe a mãe junto com o filho). Serão abertos ainda 21 novos leitos de enfermaria de gestação de alto risco. Esse atendimento vai melhorar a qualidade da assistência neonatal e contribuirá ainda mais para a redução da mortalidade materna e infantil.

O HMR se consolidou como referência no parto humanizado. Desde a inauguração, em maio de 2016, foram realizados 1.013.222 procedimentos totais, sendo 13.776 partos, 70.852 atendimentos de emergência, 170.175 consultas médicas e não médicas, 695.598 exames, 2.795 cirurgias, entre outros procedimentos.

COMMENTS