Iterpe participa de audiência com foco na mediação de conflitos da Mata Sul

Questões dos municípios Maraial, Catende, Barreiros, Tamandaré e Jaqueira, foram pauta.

BARREIROS – Carlinhos da Pedreira anuncia seu pré-candidato a vice-prefeito
Coluna do Blog desta segunda-feira (24) – Blog Ponto de Vista
Em reunião com Eriberto Medeiros, Carlinhos da Pedreira defende pavimentação da estrada para a praia do Porto de Nassau


O Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco (Iterpe) participou de audiência junto ao Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), com o objetivo de contribuir para as soluções pacíficas das ações de conflitos fundiários na Mata Sul do estado. A principal pauta da audiência, realizada por videoconferência, foi o fortalecimento das mediações como trabalho minimizador das ações de conflitos fundiários no município de Maraial, Catende, Barreiros, Tamandaré e Jaqueira.

A audiência, que foi fruto de iniciativa do TJPE, coordenada pelo desembargador Erick Figueiredo, contou com a participação do presidente do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco (Iterpe), Henrique Queiroz, o secretário da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), Pedro Eurico, o promotor agrário estadual, Edson Guerra, o defensor público geral,Fabrício Lima; o chefe de gabinete da Procuradoria Geral do Estado (PGE), Paulo Rosemblatt; a juíza da comarca de Maraial, Carolina Pontes de Miranda; o representante da Comissão Pastoral da Terra (CPT), Plácido Júnior e o representante da FETAPE, Aglailson Paixão.

Durante a audiência foram discutidos possíveis caminhos que promovam ações amigáveis aos conflitos agrários das áreas ocupadas por cerca de 3 mil famílias rurais no total, na região da Mata Sul do Estado de Pernambuco.

COMMENTS