Jaboatão Centro terá habitacional da Viana & Moura para famílias com renda de até três salários mínimos

Saiba mais informações clicando no link

Jaboatão Centro terá habitacional da Viana & Moura para famílias com renda
de até três salários mínimos
O município do Jaboatão dos Guararapes vai receber um grande habitacional da Viana & Moura Construções, voltado para famílias com renda de até 3 salários mínimos, no âmbito do Programa Casa Verde e Amarela. Projeto apresentado pela diretoria da empresa ao prefeito Mano Medeiros prevê a construção inicial de 353 casas, em formato de condomínio, com toda a infraestrutura de vias de circulação, saneamento, drenagem, além de infraestrutura de lazer, como praças, quadras, parque infantil e piscina, mas deverá ser ampliado para mais de dois mil imóveis, só nessa primeira etapa. O empreendimento será erguido no Jaboatão Centro, na região da antiga Usina Bulhões.

Jaboatão Centro terá habitacional da Viana & Moura para famílias com renda
de até três salários mínimos

“Além de oferecer imóveis de qualidade, com uma infraestrutura completa, a baixo custo, uma obra desse porte gera empregos e renda para o município. Com um detalhe importante: a empresa qualificará pessoas do entorno para trabalhar no habitacional”, comemora o prefeito Mano Medeiros. “E ainda teremos uma excelente contribuição social por parte da Viana & Moura, que construirá e doará 35 casas para famílias atingidas pelas últimas chuvas, em um terreno da Muribeca, cedido pela prefeitura”. O gestor esteve com diretores da empresa em Alagoas, conhecendo condomínio nos moldes do que será construído no município.

O projeto será realizado por etapas. Conforme a empresa, o empreendimento completo tem 230 hectares, sendo a primeira fase correspondente a 22 hectares, com aproximadamente 2.120 imóveis. Serão construídos produtos uni e multifamiliares, com casas e prédios, além de centro comercial e equipamentos públicos de educação, saúde, lazer e convivência com toda a infraestrutura de rede de distribuição de energia, água e esgotamento sanitário. As vias internas e de acesso serão todas pavimentadas com piso intertravado, iluminação pública e arborização urbana para assegurar a qualidade de vida dos moradores.

“Nossa ideia é ir avançando por etapas. Planejamos implantar dois condomínios horizontais com 740 unidades e seis condomínios verticais, somando aproximadamente 1.380 unidades habitacionais, que contarão com apartamentos e casas entre  40m² e 55m², constituídos de sala, cozinha, banheiro e dois quartos, além de usos complementares de lazer e entretenimento. Posteriormente, serão entregues mais unidades habitacionais, trazendo crescimento econômico para o município e oportunidade de moradia de qualidade para a população. As casas do habitacional serão vendidas por preço aproximado de R$ 140 mil em valores atuais”, afirma Jessica Roosen, gerente de legalização da Viana & Moura.

COMMENTS