Joel da Harpa apoia pauta dos Policiais Penais

Saiba mais informações clicando no link

Joel da Harpa destaca violência crescente na pandemia
De volta de Brasília Joel da Harpa comemora investimento de R$ 32 milhões do Governo Federal na Segurança Pública de Pernambuco
Joel da Harpa passa a manhã junto ao povo de Jaboatão dos Guararapes


Pouco efetivo, viaturas, sucateadas e equipamentos para vistoria quebrados. A cada dia piora as condições de trabalho dos Policiais Penais em Pernambuco. O Deputado Joel da Harpa questiona o descaso para com o trabalho realizado por esses profissionais de segurança e apoia movimento reivindicatório iniciado pela categoria.

A mais nova polícia de Pernambuco vem apresentando excelentes resultados quanto ao aumento das apreensões de ilícitos, e vem evitando fugas e rebeliões desde ano de 2016, quando os Policiais Penais estão no controle de gerências e gestão do Sistema Penitenciário. “Infelizmente, o reconhecimento do trabalho não tem sido proporcional ao esforço da categoria”, lamenta Joel. O parlamentar recebeu levantamento feito pelo Sindicato dos Policiais Penais do Sistema Penitenciário do Estado de Pernambuco (SINPOLPEN-PE) e os dados mostram diversos desafios.

Existe em Pernambuco, 1.529 Policiais Penais, em 23 unidades prisionais e 44 cadeias pública. Uma média de quatro a cinco profissionais por plantão, onde a população carcerária do estado é de 34.290 presos. Para dificultar ainda mais o trabalho, pelos menos 60% das guaritas de segurança externa das unidades prisionais estão desativadas, facilitando a entrada de drogas e armas pelas muralhas. “Não podemos fechar os olhos para as necessidades da categoria ou veremos o colapso do sistema prisional”, alerta Joel.

COMMENTS