JUNTAS fazem viagem itinerante pelo Sertão

Saiba mais informações clicando no link

ALEPE – Deputadas Juntas optam por independência e podem ficar isoladas
Radar Político (14/01) – Mulheres são promessa de protagonismo na ALEPE
Coluna Política em Dia (24/02) – A vez do PSOL em Pernambuco

As codeputadas Juntas (PSOL-PE), durante os dias 29 de outubro(quinta-feira) até 01 de novembro(domingo), estarão em viagem pelo Sertão de Pernambuco para conversar com a população do estado e dar apoio às candidatas e candidatos do PSOL que concorrem tanto para a vereança quanto à prefeitura. Elas participarão de agendas de escuta, debates, reuniões, entre outras atividades. As codeputadas estão trabalhando para construir outros formatos de atuação partidária e outras correlações de forças políticas.

As Juntas têm como uma de suas prioridades a interiorização de seu projeto político e de expansão do partido. Essas ações são fundamentais para dialogar as pautas defendidas com a população de cidades mais distantes da capital, além de trazer para dentro da mandata as demandas do interior, que muitas vezes não são valorizadas.

Este ano, o PSOL está com candidaturas em 10 das 12 Regiões de Desenvolvimento do Estado de Pernambuco, com exceção do Sertão Central e do Sertão do Moxotó. São aproximadamente 20 candidaturas para majoritária, sendo algumas para o cargo de vice, e mais de 200 candidaturas proporcionais de homens e mulheres, de diferentes identidades de gênero, pertencimento racial, entre outros perfis.

As parlamentares acreditam que o poder público deve agir com foco na justiça social, com respeito à diversidade e às liberdades, ainda mais neste momento difícil para a democracia do país em meio a pandemia, onde vem avançando o conservadorismo, gerando cada vez mais violência, que se manifesta de diferentes formas no nosso cotidiano, atingindo principalmente as mulheres e a população negra, aprofundando ainda mais as desigualdades sociais.

Com isso, existe um esforço das codeputadas e do PSOL em diversificar o perfil das candidaturas, para aumentar sua participação, sendo uma das estratégias o modelo de distribuição de recursos do Fundo Eleitoral aprovado no partido. É importante ressaltar que este ano o PSOL fez algumas alianças para fortalecer o campo da esquerda na luta contra a onda antidemocrática que está em curso. O objetivo é pôr um fim na dinastia política em Pernambuco.

Confira a programação completa:

29 (quinta-feira) – Petrolândia
– Agenda tombamento Igreja
– Candidatura coletiva de Adriana

30 (sexta-feira) – Ouricuri
-Entrevista em Rádios
– Reunião Juntas com a coletiva Elas
– Reunião com o grupo do coletiva Elas e produção de material para campanha
– Reunião com candidaturas do PSOL
– Encontro político na cidade

31 (sábado) – São José do Egito
– Entrevista de rádio em Irapetim
– Reunião no comitê do PSOL
– Noite cultural

01 (domingo) – Tuparetama
– Roda de mulheres na Associação de Mulheres no Sítio Fortuna

COMMENTS