Michele Collins representa partido Progressista em reunião sobre Cannabis Sativa no Congresso Nacional

Saiba mais informações clicando no link

Em encontro com prefeitos do Brasil, Silvio apresenta Frente em Defesa do Novo Pacto Federativo
Prefeita do Ipojuca, Célia Sales, vai à Brasília apresentar projeto de saneamento de Porto de Galinhas
Augusto Coutinho participa de reunião nacional para discutir eleições


Ativista na Política de Drogas há 24 anos, a vereadora do Recife Missionária Michele Collins (PP), representou o Partido Progressista na Reunião da Comissão Geral sobre medicamentos formulados com a Cannabis Sativa no Congresso Nacional. A Câmara Federal tem travado um debate sobre o PL 399/15 que legisla sobre medicamentos à base da planta. A parlamentar é contra a matéria com o texto que está em tramitação.

Collins explicou o seu posicionamento. “Milito há muitos anos na política de drogas, mas milito também a favor das pessoas com doenças raras e pessoas com deficiência. Sabemos o quanto é importante esse medicamento, eu sou a favor do uso. Porém, eles entraram com um substitutivo que pavimenta a legalização da maconha. E isso, não vamos permitir. Usar a dor dessas famílias como uma cortina de fumaça para a liberação do uso da maconha é pesado demais. Eu sei o que é sofrer por causa das drogas, jamais serei a favor dessa liberação”, enfatizou.

Foram convidadas 30 pessoas para falar na comissão, 15 pessoas a favor e 15 contra o projeto. A parlamentar foi a única convidada do Partido Progressista a falar sobre o tema. A vereadora participou da construção da atual Política Nacional de Drogas.

Atuação – Há 24 anos na prevenção às drogas e acolhimento aos usuários de drogas e seus familiares. É presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Família, da Vida e de Políticas sobre Drogas. Também é conselheira do Conselho Municipal de Políticas sobre Álcool e outras Drogas do Recife. Participou da elaboração do documento Pauta Brasil de Combate às Drogas, Pauta Pernambuco de Combate às Drogas e o Pauta Recife de Combate às Drogas com outras autoridades da área da política de drogas. Fundadora da ONG Saravida, fundadora do Movimento Mães contra o Crack, fundadora da Federação Pernambucana de Comunidades Terapêuticas (FEPECT).  É Assessora de Políticas Públicas da Confederação Nacional das Comunidades Terapêuticas (CONFENACT) e de Articulação Social e Institucional da Federação das Comunidades Terapêuticas Evangélicas do Brasil (FETEB) e da Federação Pernambucana das Comunidades Terapêuticas (FEPECT).

COMMENTS