MOVIMENTAÇÃO DE PRÉ-CANDIDATOS A PREFEITO MARCAM O FERIADÃO EM SÃO JOSÉ DA COROA GRANDE

O feriadão em São José da Coroa Grande teve atrações para todos os gostos. Um excelente sol acompanhado de um belo mar de águas cristalinas, adici

Ricardo Teobaldo debate protagonismo dos municípios com Miguel Coelho
Rodrigo Novaes se reúne com lideranças de Carnaubeira, Águas Belas e Solidão
Armando visita cidades da Mata Sul e se prontifica em colaborar com reconstrução
12193854_1639920892944695_6539943513847054301_n

Mauro da Guarda, Barbosa, Dilson LIns, Júnior da Madeira e Careca (Ver. de Barreiros) – Imagem: Beto Casado

O feriadão em São José da Coroa Grande teve atrações para todos os gostos. Um excelente sol acompanhado de um belo mar de águas cristalinas, adicionado aos mais variados pratos que a gastronomia local tem a oferecer foi a atração que mais movimentou o Município, porém aos que procuravam uma boa roda de amigos para bater um papo, saborear  a boa cervejinha e discutir a política de São José da Coroa Grande, encontraram no Abreu do Una o lugar perfeito para isto, até porque foi lá que no último sábado os grupos políticos dos pré-candidatos a prefeito Barbosa e Pel realizaram movimentações.

Considerado o segundo maior distrito do Município, Abreu do Una tem um papel importante na política local e sempre foi palco de disputas acirradíssimas, principalmente entre os candidatos a vereador, situação que em um passado recente dividia o distrito ao meio e os ânimos se exaltavam de tal forma que não existia uma disputa em que não houvesse troca de insultos e agressões físicas.

Quem não se lembra da rivalidade entre Antônio Arruda e Deo do Abreu nas eleições de 2000? Embora ambos fizessem parte do mesmo palanque e apoiassem Quirino Fábio para prefeito isso não bastava para amenizar a disputa entre eles, inclusive lembro que certa vez, na eleição de 2000, em um comício no Abreu do Una, que era inevitável a troca de insultos entre os correligionários de ambos quando um dos dois usava o microfone e que neste dia os insultos em pouco tempo partiram para o lançamento de terra e a troca de socos entre os militantes, situação que imagino que até hoje guardo um pouco de terra na cabeça.

Acredito que você, leitor, esteja se perguntando por que eu voltei um pouco no tempo para contar o que aconteceu neste final de semana.  Utilizei este exemplo para dizer que um distrito com um histórico de rivalidade tão acentuada entre os seus concorrentes parece que se rendeu a boa convivência entre os vereadores e pré-candidatos a vereadores locais e nos dias atuais é palco de encontro entre eles.

Foi justamente isso que aconteceu no sábado (31), ocasião em que o então vereador Júnior da Madeira (PSD) ofereceu em sua residência um almoço para o pré-candidato a prefeito Barbosa (PSD) e lá pode reunir os vereadores Dilson e Mauro da Guarda, o pré-candidato a vereador Riltinho, além de seus adversários locais, o pré-candidato a vereador Marcelo do Abreu e o vereador Deo do Abreu, este último deu o ar da sua graça por alguns minutos no evento. Homenageado no almoço, Barbosa explorou a ocasião para lembrar aos presentes as obras que realizou no Abreu do Una.

12065950_933045253436387_5448747459049046309_n

Zé Ramos, Augusto Rabelo, Fernando Pedreiro, Pel, Beto do Abreu, Tony e Ray Sales Imagens: Tony

Já pertinho dali, o vereador e pré-candidato a prefeito Pel e os vereadores Beto do Abreu, Tony, José Ramos, Ray Sales, Augusto Rabelo e Fernando Pedreiro, se reuniram e organizaram um encontro entre amigos.  Com o objetivo de refutar boatos que falavam da sua desistência, Pel aproveitou o encontro para consolidar o seu nome e discutir com a população local propostas para serem implantadas no Abreu do Una caso alcance a vitória no próximo ano.

Agora o que nos basta é aguardar as próximas movimentações e ter a certeza que pelo que indica serão cada vez mais intensas.
Escrito por Wellington Ribeiro

COMMENTS