Nova loja do Assaí Atacarejo no Recife gera 500 novos empregos

De janeiro de 2021 a outubro de 2022 Recife criou mais de 50 mil postos de trabalho com carteira assinada, segundo dados do CAGED

Carlos Muniz Assai Atacadista Avenida Domingos Ferreira, em Boa Viagem, Recife
Oportunidade de trabalho e crescimento. Com a chegada da nova loja do Assaí Atacadista, na Avenida Domingos Ferreira, em Boa Viagem, o Recife ganhou 500 empregos diretos e indiretos, sendo 185 via intermediação da GO Recife, plataforma da Prefeitura que aproxima os cidadãos das oportunidades de emprego e qualificação profissional. Segundo dados contabilizados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), de janeiro de 2021 a outubro deste ano, a capital pernambucana criou mais de 50 mil empregos com carteira assinada, sendo 24.613 novos empregos formais em 2022, com estoque de 521.371. A inauguração do novo empreendimento aconteceu na manhã desta terça-feira (27). Essa é a 12ª loja no estado e a 3ª na capital pernambucana, sendo a primeira conversão dos pontos comerciais de hipermercados adquiridos pela Companhia em 2021 e vai funcionar no espaço do antigo supermercado Extra.

“A Prefeitura dá as boas-vindas a todo mundo que segue apostando na cidade. A gente tem feito um trabalho grande nesse período da gestão para melhorar o ambiente de negócio da cidade e torná-lo cada vez mais amigável a novos investidores. Como resultado desse esforço, que incluiu o Recife passar do 22º lugar para o 1º lugar no país em tempo de abertura de empresas, por exemplo, a partir da desburocratização para otimizar o trabalho do empreendedor”, declarou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Recife, Rafael Dubeux.

“A gente sabe que esse é um ambiente ainda muito árduo, muitos riscos, muitas dificuldades, mas a Prefeitura tem feito o impossível para otimizar esse ambiente e como resultado disso a gente tem desde o ano passado, de janeiro de 2021 até agora, mais de 50 mil novos postos de trabalho com carteira assinada aqui na cidade”, acrescentou o secretário.

Além dos 185 funcionários oriundos da plataforma GO Recife, o novo empreendimento priorizou a contratação de colaboradores que trabalhavam no antigo local e manifestaram interesse em trabalhar no Assaí. No ranking dos setores que mais empregam na cidade, lidera o de serviços, seguido pelo de comércio, construção, indústria e agropecuária. “Um novo empreendimento é um incentivo muito grande, ajuda muito na geração de emprego e renda. Aqui, a Secretaria de Trabalho e Qualificação Profissional do Recife fez a intermediação de mão de obra dessa loja, com 185 pessoas contratadas pela GO Recife. Isso ajuda no desenvolvimento da cidade”, destacou a secretária de Trabalho e Qualificação Profissional, Adynara Gonçalves.

Com um ambiente completamente reformado a nova loja irá atender aos moradores do bairro de Boa Viagem e região, como também Piedade, Ipsep, entre outros, que poderão contar com um modelo de negócios que privilegia os preços baixos para compor o carrinho de compras das famílias e comerciantes locais (como restaurantes, minimercados, cantinas e escolas).

Para o diretor regional do Assaí, João Miguel Gouveia, há um papel importante da Prefeitura nessa oportunidade que a cidade recebe hoje. “Esta loja hoje é a mais completa que nós temos em Recife, até em Pernambuco, para atender na questão de serviços. O Assaí também fomenta a economia local e facilita o desenvolvimento dos pequenos comerciantes, que vão ter mais um ponto para abastecer o seu negócio”, pontua. O Assaí é uma empresa de Cash & Carry que atende pequenos e médios comerciantes e consumidores em geral, seja na compra de itens unitários ou grandes volumes.

O Assaí recebe mensalmente 30 milhões de clientes em suas 262 lojas distribuídas nas cinco regiões do país e possui cerca de 70 mil colaboradores. Feliz pelo primeiro emprego de carteira assinada, a jovem Ana Beatriz começou hoje como frente de caixa. “Essa é a minha primeira oportunidade de emprego. Estou feliz”. Também radiante pela nova oportunidade,  o repositor César Henrique comemora a chance de trabalhar. “Essa abertura significa muito, porque tem muitos trabalhadores que passaram o tempo da pandemia desempregados. Daqui pra frente vai ser sempre essa energia positiva. A empresa me deu essa oportunidade e eu vou agarrar”, contou.

COMMENTS