Rodrigo Novaes pede abertura de comportas de reservatório em Floresta

Rodrigo Novaes pede abertura de comportas de reservatório em Floresta

Em pronunciamento no Pequeno Expediente desta segunda (26), o deputado Rodrigo Novaes (PSD) solicitou ao Governo Federal que abra as comportas do

ALEPE – Resolver impasse entre Clarissa de Tércio e deputadas da Juntas é o primeiro desafio de Marco Aurélio
Prêmio Prefeitura Amiga das Mulheres revela gestões que valorizam a cidadã
Joel da Harpa homenageia 60 anos dos Gideões Internacionais do Brasil

TRANSPOSIÇÃO – Segundo o parlamentar, a operação permitirá que as águas perenizem riachos que cortam o Semiárido e abasteçam a população. Foto: Jarbas Araújo

Em pronunciamento no Pequeno Expediente desta segunda (26), o deputado Rodrigo Novaes (PSD) solicitou ao Governo Federal que abra as comportas do Reservatório de Mandantes, em Floresta (Sertão de Itaparica). Segundo o parlamentar, a operação do equipamento – que integra o Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco – permitirá que as águas, agora represadas, perenizem riachos que cortam o Semiárido, abastecendo a população.

“Não há obra de infraestrutura a ser feita e, portanto, nenhum centavo precisa ser gasto para que a água seja liberada. Basta, apenas, a boa vontade do Governo Federal em abrir as comportas”, explicou Novaes. De acordo com o deputado, enquanto os dutos do Eixo Leste da Transposição levam água em direção à Paraíba, moradores de municípios do Sertão pernambucano, por onde passam as tubulações, precisam recorrer a carros-pipa, tema que ele já tratou em discurso anterior.

“Fica parecendo que a transposição só serve para levar água ao Agreste, e não para atender a população do Semiárido. É uma contradição que traz angústia”, criticou. Novaes também cobrou mais ação da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), empresa pública responsável por promover os municípios dessas regiões de desenvolvimento. “A gente vê uma Codevasf acanhada. É importante trazer a esta Casa um representante da instituição para nós sabermos como o dinheiro está sendo investido”, propôs

Fonte: ALEPE

COMMENTS