Política em Dia (31/08) – A ascensão de Clarissa Tércio

Política em Dia (31/08) – A ascensão de Clarissa Tércio

Saiba mais informações sobre os bastidores da política pernambucana clicando no link

Carlinhos da Pedreira, Eriberto Medeiros e Eduardo da Fonte unem forças para pavimentar estrada da Praia do Porto de Nassau
Radar Político (06/12) – Candidatura de Hildo Hacker a deputado estadual é desejo do Palácio
Eriberto Medeiros reafirma apoio à Carlinhos da Pedreira em Barreiros

Neófita na política, Clarissa Tércio foi eleita deputada estadual com expressivos 50.789 votos, figurando como a terceira deputada eleita dentre os 5 que venceram a disputa na chapinha do PSC. Atuante na Rádio Novas de Paz e filha do Pastor Francisco Tércio, da Assembleia de Deus Ministério Novas de Paz, Clarissa foi tida como grande e grata surpresa do processo eleitoral de 2018, abraçando bandeiras conservadoras e do combate às drogas ilícitas. O sucesso foi tanto que já há quem fale sobre uma candidatura do esposo dela, Júnior Tércio, à uma vaga na Câmara de Vereadores do Recife em 2020.

Muito eloquente e atenta às novas tendências, a deputada montou uma grande equipe de consultoria midiática e isto tem feito com que ela despontasse no gosto dos internautas pernambucanos. Com menos de um ano de mandato, Clarissa já criticou duramente peças teatrais do governo do estado e se envolveu em uma polêmica no início do ano com o coletivo Juntas(PSOL) na disputa pela Comissão de Direitos Humanos na Assembleia Legislativa de Pernambuco.

A grande visibilidade nas redes sociais tem causado um fenômeno interessante: muitos eleitores têm, espontaneamente, defendido o nome de Clarissa Tércio para governadora de Pernambuco já em 2019. Um movimento tão precoce desconsidera outros bastidores políticos que porventura apareçam até 2022 e que possam inviabilizar a candidatura da deputada, mas, por outro lado, revela a capacidade e o grande futuro que Clarissa pode ter pela frente. Caso consiga, ela poderia representar o crescente eleitorado conservador de Pernambuco, além de ser uma figura política para concentrar os votos de direita no estado. Talvez nem mesmo os Ferreira, descobridores de Clarissa, tenham noção do potencial político dela. Daqui até 2022, só o futuro dirá a limitação dela, mas a gordura das redes sociais pode ser suficiente para adensar uma quantidade significativa de votos em torno dela. Vale salientar que, por tradição, o governador eleito também puxa o senador de sua chapa.

Porta Aberta – O deputado estadual Wanderson Florêncio(PSC) fez questão de declarar esta semana que a oposição está de braços abertos para os deputados inconformados com o tratamento dispensado pelo Palácio. Só não disse quem eram estes amargurados. Na política, uma grande verdade é a de que não é fácil aguentar 4 anos na oposição. Se nem governistas têm sido bem tratados, imagine-se os oposicionistas.

Marcando Passo – O presidente estadual do PTC, Fábio Bernardino, tem atendido dezenas de pessoas na sede do partido em Recife todas as semanas. De todas as mesorregiões do estado há simpatizantes procurando a legenda e mais da metade dos municípios está com diretório constituído. Um dos seguidores chegou a brincar que o gabinete de Fábio é mais movimentado que o do governador.

Suspensão – O deputado federal Felipe Carreras(PSB) foi suspenso das atividades partidárias por um ano, não podendo ocupar cargos na direção do PSB, nem em comissões da Câmara. A suspensão é decorrente de seu voto favorável à Reforma da Previdência mesmo o partido tendo fechado questão por voto contrário

Candidato – O presidente do Progressistas no município de Barreiros, Carlinhos da Pedreira, definiu, na última quinta-feira (29), em Brasília, a pré-candidatura à prefeitura da cidade em 2020. Carlinhos foi candidato a prefeito pelo PSB em 2016, mas trocou a sigla socialista pelos progressistas em 2018.

Recorde – Do jeito que o clima está nublado em Camaragibe, o cenário vai demorar a decantar para 2020. A crise política na cidade fez com que se multiplicasse o número de pré-candidatos. Fala-se nos nomes do ex-prefeito Jorge Alexandre (PSDB), da prefeita interina Nadegi Queiroz (PTC), do ex-deputado Beto Accioly (PP), do ex-vice prefeito Bosco (PL), do ex-vereador Luiz de França (AVANTE), de Gustavo Mattos (Sem Partido), do vereador e presidente da Câmara Toninho (PDT), do vereador Roberto da Loteria (PTC), do advogado Felipe Dantas (PV), do deputado estadual Paulo Dutra (PSB), de Ilo Jorge (SD), além de vários outros nomes minoritários. Dos que correm por fora como novidade, o que mais se destaca é Felipe Dantas, devido ao extenso currículo e grande conhecimento da política municipal, além do apoio de 3 deputados de mandato.

Atividade – Mesmo tendo o pai como grande articulador em Brasília, o deputado federal Fernando Filho(DEM) não descuida de suas bases pernambucanas. Esta semana, o parlamentar se reuniu com o ex-prefeito de Triunfo, Eduardo Melo, que se filiou ao MDB a convite do próprio Fernando Filho. Também estiveram reunidos Toninho Valadares e Carlos Valadares, filhos do ex-prefeito de Afogados da Ingazeira, Totonho Valadares; o prefeito de Orobó, Chaparral; Mário Viana, liderança de Ingazeira; e Alexandre Soares, pré-candidato no Recife.

Escrito por Marcelo Velez

COMMENTS