PP quer indicar vice de João Campos

Saiba mais informações clicando no link

Professor Jurandi confirma pré-candidatura a prefeito pelo PP
Câmara discute portabilidade de conta de luz
Candidato à presidência da Câmara Federal, Arthur Lira terá encontro com o governador Paulo Câmara

Deputado federal Eduardo da Fonte – Presidente estadual do PP

Detentor de um grande capital político no Recife, onde possui a segunda maior bancada na Câmara de Vereadores e vem preparando uma robusta e atrativa chapa proporcional, o PP, sigla comandada no estado pelo deputado federal Eduardo da Fonte, não deve abrir mão de brigar pela indicação do candidato a vice na chapa encabeçada por João Campos (PSB), foi o que indicou uma fonte que prefere manter o nome sob sigilo.

Na Frente Popular havia um movimento que indicava que a vice do PSB fosse do PT, no entanto, depois que o Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores deu o aval para a candidatura de Marília Arraes à prefeita, essa possibilidade foi descartada. Por esta razão está havendo uma corrida natural entre as siglas que compõem a base para indicar o espaço. O PDT e o MDB, por exemplo, até ensaiaram buscar o seu lugar ao sol neste processo, no entanto os nomes ventilados por essas siglas não conseguiram se estabelecer.

Agora, por sua vez, o PP, partido  que possui significativa dimensão e lastro político dentro da Frente Popular, parece está disposto a entrar na briga por este espaço.

Entre os nomes que podem ser apresentados pelo PP estão os de Eriberto Rafael, vereador e líder do Governo na Câmara; a vereadora Michele Collins, a mais votada da última eleição; Luiz Eduardo da Fonte, presidente estadual da Juventude Progressistas; e o de Adriana Rocha, candidata ao senado em 2018 e recém ingressa na sigla.

Vale destacar que o PP não é grande apenas no Recife. A nível estadual o partido possui 11 deputados estaduais, entre eles o presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Eriberto Medeiros, e os deputados Pastor Cleiton Collins, Joel da Harpa e Romero Albuquerque, lideranças que possuem grande inserção na capital.

Escrito por Wellington Ribeiro

COMMENTS