Prefeito João Campos recebe Fred Ramon, recifense aprovado em nove universidades nos EUA

Saiba mais informações clicando no link

Indicação de Joel da Harpa inspira liberação de internet gratuita para estudantes de baixa renda
Simone Santana entrega prêmio IDEPE à EREM Albertina da Costa Soares, de Camela
IGARASSU – Prefeita dará boas-vindas no retorno das aulas presenciais

Filho de faxineira, Fred Ramon dos Santos, de 20 anos, não teve infância ou juventude fáceis. Nascido no Recife, o jovem vive hoje com a família na periferia de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana da capital. As dificuldades, no entanto, nunca impediram Fred de sonhar com um futuro melhor e foi na educação que ele encontrou um caminho para transformar a sua vida e impactar a realidade de muitos outros. Aluno das redes públicas municipais do Recife e Jaboatão e da rede estadual de ensino, Fred foi aprovado em nove universidades americanas estudando por conta própria. Nesta quarta-feira (4), ele, que está prestes a embarcar para a Califórnia, foi recebido pelo prefeito João Campos na sede da prefeitura.

“Fred Ramon foi aprovado em nove universidades americanas para estudar fora do País. Ele estudou aqui na rede municipal  de ensino e depois na rede estadual e é um orgulho nosso. Eu queria lhe agradecer, dizer que conte com a gente, que você possa inspirar tantos e tantos jovens recifenses e pernambucanos a acreditar na educação. A educação abre uma porta de oportunidades que com certeza transforma muitas vidas. Tenho certeza de que sua história servirá para inspirar nossos jovens”, disse João Campos, durante a visita.

A paixão pela música motivou Fred a estudar inglês, aos 14 anos. A família vivia com cerca de R$ 60 semanais, fruto das faxinas de dona Suely, mãe do garoto. Sem poder arcar com os custos de um curso, ele correu atrás de formas gratuitas de aprender a língua. Ao todo, foram cinco certificações de línguas durante o período escolar. Além do inglês, Fred também aprendeu espanhol e francês.

O jovem ainda participou de competições estudantis. Em 2016, Fred venceu um concurso da Secretaria de Educação de Jaboatão dos Guararapes com um projeto que buscava renutrir o solo vítima de erosão por meio de uma fonte mineral. Mas não foi somente na vida acadêmica que Fred se destacou. O jovem, que foi bailarino e estudou canto lírico, é também exemplo de cidadania, sendo voluntário no ensino de línguas estrangeiras, dança e canto a crianças em situação de vulnerabilidade social.

Agora Fred tem um passaporte de ida rumo a um futuro bem diferente. Das dez aplicações feitas por ele, nove resultaram em cartas de aprovação. O estudante irá cursar Ciências da Computação na Whittier College, em Los Angeles, Califórnia, onde recebeu bolsa de 70%. “Eu sempre digo que essa vitória não é só minha, mas nossa. É muito bom estar aqui. É um orgulho estar com essa representação jovem que é João Campos e eu quero dizer a todos os jovens que não importa se você é pobre, você pode ir longe também”, defendeu.

COMMENTS