Prefeitura de São José da Coroa Grande recupera 25 km de estradas vicinais e reconstrói 10 passagens molhadas

Por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, a Prefeitura de São José da Coroa Grande reconstruiu 10 passagens molhadas e fez a terraplanagem

De R$ 900 mil a mais de R$ 1,4 milhão – Esta é a renda extra que municípios do Litoral Sul Pernambucano receberão em novembro
Mudança no secretariado: Drª. Edva Magalhães vai para a Ação Social e Wagner Germiniano assume Juventude
Em passagem por Brasília, prefeito Pel Lages garante a liberação de recursos
image (1)

Imagem: Antônio Lemos

Por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, a Prefeitura de São José da Coroa Grande reconstruiu 10 passagens molhadas e fez a terraplanagem e drenagem em mais de 25 km de estradas vicinais. As intervenções se iniciaram no final de setembro e terminaram esta semana. Para a ação foram utilizados caminhões caçamba, retroescavadeira e uma motoniveladora Patrol pertencentes ao município, além de um caminhão Munk, responsável pelo transporte e instalação de 300 manilhas.

image (4)

Imagem: Antônio Lemos

image (2)

Imagem: Antônio Lemos

 

Segundo o Secretário de Agricultura do município, Kennedy Figueiredo, a estrada vicinal que ligam a PE 60 aos assentamentos de Arassu, Mundo Novo, Buenos Aires, Pau Amarelo, Gindaí, Boca da Mata e Campinas receberam o serviço de drenagem, terraplanagem e recuperação de 10 passagens molhadas, já a estrada que liga os assentamentos Tentugal e Serra D’água do Tanque a PE 60, foram realizados os serviços de terraplanagem e drenagem. “A prefeita Elianai visando o desenvolvimento econômico e social da região, não mediu esforços e solicitou que fossem feitas tais intervenções que facilitarão no deslocamento dos moradores, como também, ajudarão no escoamento da produção agrícola da região beneficiando 3 mil moradores rurais”, disse Kennedy Figueiredo.

image (6)

Imagem: Antônio Lemos

image (5)

Imagem: Antônio Lemos

Outra ação realizada pela Secretaria de Agricultura foi implantação de uma horta comunitária no assentamento Mundo Novo. Conforme relata o técnico agrícola Antônio Lemos, a horta comunitária que conta com um sistema de irrigação implantado pela prefeitura, servirá para o cultivo de produtos orgânicos que poderão ser consumidos pelos próprios produtores e até comercializados na feira livre da cidade. Ainda segundo o técnico, a prefeitura estenderá este projeto a todos os outros assentamentos do município.

Escrito por Wellington Ribeiro

COMMENTS