Prefeitura do Recife entrega segunda etapa do Parque das Graças

A população da capital pernambucana ganha mais um importante espaço de lazer e contemplação às margens do Rio Capibaribe. A Prefeitura do Recife ent

João Campos Bairro das Graças Recife Prefeitura do Recife
A população da capital pernambucana ganha mais um importante espaço de lazer e contemplação às margens do Rio Capibaribe. A Prefeitura do Recife entregou, nesta quinta (22), a segunda etapa do Parque das Graças, que equivale ao trecho de 150 metros entre as ruas Dom Sebastião Leme e Manoel de Almeida, e se conecta diretamente com a parte já concluída da obra. A nova área pública é maior do que o Jardim do Baobá e inclui mirante, espaços de convivência, passarela, nova iluminação, via compartilhada, mobiliário urbano, paisagismo e melhorias na drenagem.
 O prefeito do Recife, João Campos, conferiu o espaço nesta quinta.

João Campos Bairro das Graças Recife Prefeitura do Recife

“A gente hoje está inaugurando a segunda etapa do Parque das Graças, uma obra de R$ 60 milhões que fica na margem do Rio Capibaribe. É uma satisfação poder entregar esta obra. A gente está cada vez mais aproximando as pessoas da cidade, as pessoas do Rio Capibaribe. Aqui, nesse novo trecho, é possível, onde a gente está, ter acesso ao rio. E o trecho completo vai ter 900 metros, entre a Ponte da Torre e a Ponte da Capunga. Não tenho dúvidas que é um grande equipamento público e de qualidade. O que a gente vê aqui de qualidade de obra é o que a gente vê em qualquer cidade de ponta do mundo. A gente tem que trazer o que há de melhor”, destacou João Campos na ocasião.

Quem estiver na primeira etapa do parque pode acessar o novo trecho pela passarela de 85 metros, que segue paralelamente à margem até a Rua Aníbal Falcão. Esta parte oferece dois espaços cobertos (pergolados) para estimular a convivência e a contemplação do rio; 96 luminárias de LED na cor branca; e 15 lâmpadas coloridas. Em seguida, o parque continua por mais 65 metros até a Rua Dom Sebastião Leme, com mirante, via compartilhada para ciclistas e pedestres em blocos intertravados e 10 postes. O trecho completo a ser entregue tem 14 bancos e duas mesas. A Rua Aníbal Falcão ganha melhorias na drenagem, paisagismo e novo pavimento para pedestres. Ambas as vias poderão ser usadas para acessar o parque.

A babá Luciana Souza, de 48 anos, estava caminhando no segundo trecho do Parque das Graças, com o garotinho pelo qual é responsável, no fim da tarde desta quinta (22). “Eu estou achando aqui uma maravilha, antes não tinha isso. Está bom, tanto para as crianças brincarem, quanto para os adultos terem mais um lazer. Perto do rio e isso lembra que todos tem que contribuir no cuidado com a natureza”, comentou ela que mora em Olinda e trabalha no bairro da Madalena, mais próximo do parque. O advogado Pierre Castanha, 52 anos, aproveitou o fim da tarde para caminhar pelo local com a filha adolescente. “Esse espaço mostra a beleza do nosso rio. O município está de parabéns. A gente vê a beleza do Recife ao caminhar aqui. Ficou muito belo mesmo. E já estamos torcendo pela entrega das outras etapas”, disse.

Entregue no final de 2021, a primeira parte do Parque das Graças oferece à população amplos passeios públicos, playgrounds, áreas para piquenique, tirolesa, bancos e paisagismo. A etapa concluída começa na altura da Rua Amélia e segue até a Rua Manoel de Almeida, com uma via de baixa velocidade compartilhada entre pedestres, ciclistas e veículos. A área da primeira infância tem piso emborrachado, brinquedo em mola, gangorra e monte escalador. Já o espaço para as crianças maiores de seis anos conta com pirâmide de escalada, trampolins, casinha com escorregador e balanço.

A concepção do projeto executivo é fruto do diálogo com os moradores da área e especialistas da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e tem o objetivo de reconectar a população com o rio, como parte do Parque Capibaribe, sistema de parques integrados no Recife que se estenderá por 30 km do percurso do Rio Capibaribe. O projeto completo inclui a área entre as pontes da Torre e da Capunga e prevê a implementação de Parcão, mirantes, duas passarelas paralelas à margem, melhorias nas ruas perpendiculares como as ruas das Pernambucanas e Dom Sebastião Leme, área de ginástica, áreas para piquenique e convivência, bicicletários, pergolados e píer flutuante.

COMMENTS