Prefeitura do Recife inicia construção de Compaz no terreno do antigo Aeroclube

Unidade será a sexta da rede e já recebeu principal prêmio da ONU para políticas públicas

João Campos Prefeitura do Recife Compaz bairro do Pina

Unidade será a sexta da rede e já recebeu principal prêmio da ONU para políticas públicas


O sexto Centro Comunitário da Paz (Compaz)  teve sua construção iniciada pela Prefeitura do Recife. O prefeito João Campos
autorizou o início das obras nesta terça-feira (22), no bairro do Pina, Zona Sul do Recife. O equipamento beneficiará a localidade com diversos serviços gratuitos como Procon, Utec, espaço para primeira infância, Cras/Creas, serviço militar, biblioteca, formação profissional, espaço mulher, além de área de lazer e atividades esportivas, entre outros serviços voltados à educação ambiental e sustentabilidade no antigo terreno do Aeroclube. A previsão de entrega é de 16 meses e a obra está orçada em R$ 13 milhões.

“A gente começa hoje o mais novo Compaz da cidade, que fica no terreno do antigo Aeroclube. Esse foi um compromisso nosso. A gente começou o primeiro (Ibura) da nossa gestão há quatros meses e agora já é o segundo em obras. Nosso trabalho a gente faz com palavras, com responsabilidade e com compromisso. Não é só falar e prometer, é fazer. Coisa que aprendi com meu pai, o ex-governador Eduardo Campos”, afirmou o prefeito João Campos. “Aqui vai ser um belíssimo Compaz, que é uma obra social fortíssima e será mais um equipamento de qualidade para atender quem mais precisa. A obra começa hoje. O nosso compromisso era que a gente ia fazer três e a gente vai fazer os três que a gente prometeu”, acrescentou.

São R$ 13 milhões que estão sendo investidos em um Compaz de qualidade aqui no Pina. São 16 meses o prazo estimado para a realização da obra e a gente está com a equipe toda  mobilizada para fazer não só de maneira rápida, mas com qualidade”, finalizou o prefeito. O novo equipamento terá área total construída de 3.127,13 m² e está sendo levantado na Rua José Rodrigues, no terreno do antigo aeroclube. Além do Compaz Aeroclube, já estão sendo construídos os habitacionais Encanta Moça I e II, com 600 moradias voltadas para as famílias das palafitas da comunidade do Bode, e também será iniciada a construção da creche Aeroclube. Novas intervenções serão anunciadas na mesma região.

O compromisso ambiental do projeto também garante que aproximadamente 50% do terreno seja de área verde, com a preservação de 45 mil m² de mangue e recuperação de 7 mil metros quadrados da vegetação típica de nossos estuários litorâneos. No compromisso e respeito com a memória do local, haverá a preservação de parte da antiga pista do aeroclube e a construção de um memorial. As obras de edificação dos novos equipamentos serão acompanhadas e coordenadas pelo Gabinete de Projetos Especiais.

Também de forma híbrida, o projeto inclui parque urbano, que será o maior da cidade, com 11,9 hectares. O equipamento promete soluções modernas e eficazes para todas as faixas etárias com parque infantil, mobiliário urbano inclusivo, campo de futebol, pista de skate, quadra polivalente, parcão, circuito de bicicleta, pista de Cooper, anfiteatro ao ar livre, academia inclusiva e uma área para caminhada às margens do Parque dos Manguezais. Representando os moradores da comunidade de Areinha, Luciana Nunes, 43 anos, mora desde que nasceu perto do terreno onde será o Compaz do Aeroclube. “Não vejo a hora de ficar pronto. Nós não temos um centro cultural, um local para nossas crianças e hoje a gente ganhou. Vamos ter acesso a muitas coisas e oportunidades”, disse.

REDE COMPAZ – Além do Compaz Aeroclube (Pina), já está em construção o Compaz Educador Paulo Freire, no Ibura, previsto para ser inaugurado em 2023. As outras quatro unidades em funcionamento são: o Compaz Governador Eduardo Campos (Alto Santa Terezinha), inaugurado em 2016, o Compaz Escritor Ariano Suassuna (Cordeiro), de 2017, o Compaz Governador Miguel Arraes (Caxangá), aberto em 2019, e o Compaz Dom Hélder Câmara (Coque), cuja inauguração foi em 2020. A Rede Compaz ganhou, este ano, o Prêmio de Serviço Público das Nações Unidas, que melhor contempla os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e excelência no serviço público.

COMMENTS