Pretenso candidato a prefeito de São José da Coroa Grande se movimenta nos bastidores

O ano mal começou e os bastidores políticos estão se movimentando a todo o vapor em São José da Coroa Grande. Enquanto que no final do ano passado t

Posse de Pel, Walter Farias e vereadores – Cerimônia terá previsão de início às 14 horas deste domingo
SÃO JOSÉ DA COROA GRANDE – PRÉ- CANDIDATO A PREFEITO, PEL RECEBE APOIO DE DANIEL COELHO E DO PSDB
Coluna do Blog desta quarta-feira (15) – Blog Ponto de Vista

troca-troca-620x450
O ano mal começou e os bastidores políticos estão se movimentando a todo o vapor em São José da Coroa Grande. Enquanto que no final do ano passado todos os olhares estavam voltados a tentativa frustrada de afastamento temporário ou definitivo da atual prefeita, um setor da oposição, que até então se movimentava silenciosamente, intensificou suas ações no início deste ano.

Talvez para alguns, falar da eleição de 2016 no início de 2015 seria tentar antecipar algo que ainda falta mais de um ano para acontecer, mas é aí onde mora o engano. Embora o processo eleitoral propriamente dito só comece em junho de 2016 com a abertura para o processo de convenções, há um período anterior a este que se extingue no dia 2 de outubro deste ano e que é determinante para aqueles que pretendem chegar com força nas eleições, o período de filiações, pois só poderão concorrer as eleições de 2016 quem estiver devidamente filiado a um partido politico com no mínimo um ano de antecedência ao dia da eleição, salvo em alguns casos específicos.  E é justamente nesta área de filiações partidárias que um ator da oposição tem trabalhado.

Nas últimas semanas, aqueles que leem com frequência os jornais de grande circulação em nosso Estado, possivelmente tenham visto que há uma infinidade de partidos em processo de criação e que uma das vantagens que atraem os políticos de mandato para essas agremiações é a possibilidade de mudar de partido e não correr o risco de perder o mandato. E é justamente nisso que está trabalhando um pretenso candidato a prefeito da oposição. Entre os futuros partidos que estão sendo criados está o PL, que nacionalmente tem o atual Ministro Gilberto Kassab (PSD) a frente desta nova investida e no Estado este processo está sendo liderado pelo Secretário das Cidades, André de Paula (PSD) que colocou Charles Ribeiro, seu fiel escudeiro, como ponta de lança em busca das assinaturas necessárias para a criação da nova agremiação.
troca troca

Provavelmente visando atrair vereadores de mandato para o novo partido e pavimentar a sua suposta candidatura, o ex-prefeito José Barbosa, que votou em André de Paula para deputado federal, indicou o seu aliado Beto Casado para liderar o processo de busca de assinaturas na cidade. Tentando repetir o feito de 2012, quando abrigou os vereadores Irmão Davi, Odacir Alves e Júlio Veras (DEM), Josias e Dudeca (PSDB) e Walter Farias (PSL) no recém-criado PSD, o ex-prefeito se movimenta para tentar fazer o mesmo este ano.  No entanto, vale lembrar que dos seis vereadores que se abrigaram no PSD na época, nenhum conseguiu se reeleger,  cedendo lugar a Deo do Abreu, Júnior da Madeira e Ray Sales, este último herdeiro do ex-vereador Odacir Alves.

Hoje pelo que se comenta, há vários vereadores ávidos por mudar de partido e um partido recém-criado é uma das alternativas, porém a experiência vivida por alguns no passado deixa ainda mais difícil a decisão. Alguns vereadores já veem que a próxima eleição será acirrada para este cargo e que uma escolha errada este ano pode botar tudo a perder no futuro.

Escrito por Wellington Ribeiro

COMMENTS