Projeto Praia Limpa retorna com coleta seletiva e conscientização ambiental para os frequentadores das praias do Recife

Prefeito João Campos fez questão de circular nas praias orientando frequentadores

João Campos Recife Praia Limpa Bairro de Boa Viagem

Agora os banhistas recebem duas sacolas de papel para separar os resíduos recicláveis dos não recicláveis, além de copos e canudos

A partir deste domingo (20), os frequentadores das praias recifenses passam a contar com a volta do projeto Praia Limpa nas areias das praias de Boa Viagem, Pina e Brasília Teimosa, na Zona Sul da cidade. O prefeito João Campos esteve no lançamento do projeto, realizado pela Globo, em parceria com a Prefeitura do Recife, na manhã de hoje. Iniciada há mais de 20 anos, a iniciativa vai levar conscientização ambiental através de ações práticas para milhares de banhistas ao longo do verão.

“Estamos lançando mais um Praia Limpa. Agora de forma mais moderna e inovadora. São mais de 500 mil sacolas de papel, além de copos e canudos em papel. A gente faz essas ações, sobretudo no final de semana, com educadores para fazer a conscientização e explicar tudo. Neste ano, a gente tem dois tipos de lixeiras, para o lixo orgânico e para o material que pode ser reciclado. Fazendo isso, a gente está aqui cuidando da cidade, cuidando da praia e chamando a responsabilidade para todo mundo. A Prefeitura faz a parte dela, mas cuidar da cidade e manter o Recife limpo é papel de todo mundo”, declarou João Campos durante o lançamento do programa.

João Campos Recife Praia Limpa Bairro de Boa Viagem

Este ano, o projeto implementa a coleta seletiva. Os 50 monitores que circulam pela orla entregam aos banhistas duas sacolas de papel para que eles possam separar o resíduo gerado na areia: uma para destinar os materiais recicláveis e outra para colocar tudo aquilo que não é possível reciclar. Ao sair da praia, o banhista encontra 2 tipos de lixeiras, uma para cada tipo de sacola.

“A gente está também fazendo a distribuição de pulseiras para as crianças, colocando o nome da criança, o telefone do responsável e o nome do responsável. E em cada faixa da praia tem uma cor diferente para a gente poder trazer a tranquilidade e a segurança de que as crianças estão identificadas e poder brincar em família, pensando só no lazer. Vamos juntos e vamos cuidar do Recife”, completou o prefeito João Campos.

De acordo com a secretária de Infraestrutura do Recife, Marília Dantas, o destaque do Praia Limpa neste ano é justamente a questão da separação do lixo reciclável do lixo comum. “Hoje a gente traz, em parceria com a Rede Globo e a Klabin, uma inovação do Praia Limpa que é a separação do resíduo na praia. Antes era entregue um saquinho para descartar todo o resíduo. Agora, as pessoas vão poder fazer a separação na praia, elas vão receber um saquinho de papel para o lixo comum e outro para o material reciclável. Depois estes sacos podem ser colocados nas lixeiras disponíveis na saída da praia”, comentou ela.

Na busca por conscientizar os frequentadores da praia, serão distribuídas 640 mil sacolas de papel para lixo e 37 mil canudos de papel. Além disso, serão distribuídas 14 mil lixeiras de papelão ondulado ao longo da orla e 800 mil copos. O projeto acontece aos domingos até o mês de abril do ano que vem.

Para o barraqueiro Severino da Silva, que trabalha na Praia de Boa Viagem há mais de 20 anos, o Praia Limpa impacta o trabalho dele, dos colegas e de todos que frequentam as praias do Recife. “Esse projeto só vem para somar, só temos a agradecer. É um projeto que dá oportunidade para os barraqueiros. Temos camisas UV, protetor solar. E as pessoas recebem sacolinhas, é muito importante manter a praia limpa”, disse.

Quem tiver dúvidas sobre que tipo de material é ou não reciclável, e de como separar o lixo, poderá consultar os monitores do Praia Limpa devidamente capacitados, ou ir até um dos postos espalhados pelos 8 km de areia para obter mais informações. A Emlurb levará os resíduos recicláveis para as cooperativas de reciclagem que trabalham em parceria com a Prefeitura do Recife, garantindo o destino correto desses materiais e o compromisso com o meio ambiente.

Com o apoio da Klabin e o uso de materiais de papel e papelão, o projeto ainda distribuirá copos e canudos 100% recicláveis para os barraqueiros utilizarem com os seus clientes. O Praia Limpa também vai colaborar para que as crianças sejam identificadas com uma pulseira com o nome e contato do responsável, facilitando a localização de sua família e parentes, caso elas se percam.

Por fim, a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria Executiva de Controle Urbano, também vai distribuir duas camisas do Praia Limpa, do tipo UV, para cada barraqueiro das praias cadastrados. “Eles vão poder trabalhar enquanto ajudam na divulgação da campanha”, explicou Marta Lima, secretária Executiva de Controle Urbano.

O estudante do 2º ano do Ensino Médio Vinícius Ferreira, de 16 anos, mora no Ibura e foi curtir a praia de Boa Viagem com a família neste domingo. Segundo ele, o Praia Limpa, em seu novo formato, é um projeto essencial para a preservação do meio ambiente. “Este projeto é necessário, pois assim podemos preservar um ponto turístico que os recifenses e qualquer pessoa do mundo pode vir curtir, um lugar tão agradável. Com a poluição, ocorrem as inundações e também os lixos podem ir parar nos oceanos, matando os animais marinhos. Reciclar e usar materiais sustentáveis é muito importante para a preservação ambiental”, argumentou ele.

COMMENTS