RADAR POLÍTICO (03/11) – Ex-prefeitos com força na nova composição da ALEPE

Saiba esta e outras informações sobre os bastidores da política clicando no link

Dannilo Godoy Álvaro Porto Izaías Régis João Paulo Joãozinho Tenório Lula Cabral Mário Ricardo Débora Almeida Franz Hacker José Patriota Luciano Duque

ESCRITO POR WELLINGTON RIBEIRO

A depender da nova Legislatura da ALEPE, a expectativa é que a pauta municipalista ganhe protagonismo, tudo porque a composição será repleta de ex-prefeitos. O grupo reúne os ex-prefeitos José Patriota (Afogados da Ingazeira), Franz Hacker (Sirinhaém), Dannilo Godoy (Bom Conselho), João Paulo (Recife), Chaparral (Orobó), Luciano Duque (Serra Talhada), Débora Almeida (São Bento do Una), Mário Ricardo (Igarassu), Álvaro Porto (Canhotinho), Izaías Régis (Garanhuns) e Joãozinho Tenório (São Joaquim do Monte), além de Lula Cabral (Cabo de Santo Agostinho) que trava uma disputa jurídica.

A experiência no Poder Executivo que reúne um número significativo dos novos deputados estaduais, aponta para uma discursão profunda sobre os desafios enfrentados pelos municípios. Quem tem tudo para encabeçar essa pauta é José Patriota, presidente licenciado da Associação Municipalista de Pernambuco.

PAUSA – Depois de meses dedicados à campanha, a governadora eleita Raquel Lyra e a sua vice Priscila Krause decidiram tirar uma folga. A dupla, que não terá atividades pelos próximos dias, retoma as agendas na próxima semana.

COBIÇA 1 – No retorno das atividades a nova governadora deve iniciar o processo de escolha do time que irá compor o secretariado. Das atuais 22 secretarias disponíveis, no meio politico as pastas mais cobiçadas são as de Infraestrutura e Recursos Hídricos; Desenvolvimento Econômico; Desenvolvimento Agrário; Educação; Saúde; Cidades; Turismo e Desenvolvimento Social.

COBIÇA 2 – Quando o assunto são os espaços do 2º escalão, destacam-se DETRAN, Consórcio Grande Recife, Ceasa, Complexo de Suape, IPA, CPRH, administração de Fernando de Noronha, Cehab, Copergás, IRH, Lafepe e Pepart.

DANÇA DAS CADEIRAS – O prefeito do Recife, João Campos (PSB), deve realizar uma reforma no secretariado no mês de janeiro. A mudança em algumas pastas se dará para acomodar quadros que hoje estão na estrutura do Governo do Estado. Entre os que devem ser aproveitados está Roberto Gusmão, atual presidente do Complexo de Suape.

COZINHA SOCIALISTA – Dos 14 deputados estaduais eleitos pelo PSB, ao menos 5 fazem parte do núcleo duro do partido e devem engrossar a fileira do grupo de oposição ao Governo Raquel Lyra. São eles: Diogo Moraes, José Patriota, Rodrigo Farias, Sileno Guedes e Waldemar Borges.

UNIDOS – Os 5 deputados eleitos pelo PL (Alberto Feitosa, Renato Antunes, Abimael Santos, Joel da Harpa e Nino de Enoque), além do deputado eleito pelo Patriotas Joãozinho Tenório, irão caminhar em bloco na ALEPE. Unidos, o grupo representa a quarta maior bancada, ficando atrás apenas do PSB (14), PP (8) e Federação PT/PV/PCdoB (7), já mira espaço na Mesa Diretora. Querem a 1ª Secretaria.

NO PÁREO – Por sua vez, o Progressistas com 8 deputados tem se movimentado para protagonizar a eleição da Mesa Diretora. O partido que fechou em peso com Raquel no 2º turno conta com nomes de peso para disputar tanto a Presidência, como é o caso de Antônio Moraes, e para a 1ª Secretaria da ALEPE com Claudiano Martins Filho.

NO PÁREO 2 – Já no ninho tucano os deputados Álvaro Porto e Izaías Régis são lembrados como opção para a presidência do Legislativo Estadual.

PROMESSA É DÍVIDA – A vice-prefeita de Cumaru, Girleide Cardoso, anunciou que renunciaria ao mandato caso Raquel Lyra não fosse a mais votada no município no 2º turno. As urnas de Cumaru deram a vitória à Marília Arraes com 5.460 votos, enquanto que Raquel obteve 5.436 votos, uma diferença de apenas 24 votos.

ALGUÉM RESPONDE? – Quais partidos e políticos serão contemplados no secretariado de Raquel Lyra?

Wellington Ribeiro é pós-graduado em Gestão Pública e Legislativa pela UPE – E-mail: blogpontodevistape@gmail.com Whatshap (81) 99521-6544

COMMENTS