Radar Político (04/06) – Quem vai parar João Campos ?

Radar Político (04/06) – Quem vai parar João Campos ?

Saiba mais informações sobre os bastidores da política pernambucana clicando no link

João Fernando viabiliza tratores e implementos agrícolas para a Mata Sul
Noé Magalhães e Clodoaldo Magalhães cumprem agenda no FNDE
Noé inicia campanha com grande buzinaço em Água Preta

Pela intensa agenda que João Campos tem realizado no Recife não resta dúvida de que ele não só tem a intenção de disputar o Palácio do Capibaribe em 2020, como também recebeu o aval da cúpula do PSB para isto.

Simpático, carismático, e, sobretudo, uma máquina no quesito disposição, João tem percorrido os quatro cantos da cidade subindo morros e percorrendo ruas, tudo isso acompanhado de uma competente equipe de mídia que registra cada movimento. Em alguns episódios essas filmagens são editadas e expõem de maneira especial o sentimento com que ele é recebido pelos moradores. Um desses casos é um vídeo recentemente publicado em suas redes sociais onde ele é registrado realizando uma visita ao jovem Júlio, no bairro do Ibura, para a entrega um tablet.

Esta movimentação toda de João Campos já estaria repercutindo inclusive em levantamentos internos não só feitos pelo PSB, mas também pela Oposição. Uma das informações a que pude ter acesso é a de que em um cenário de intenção estimulada de voto João Campos já estaria liderando na casa dos dois dígitos. O que é um excelente resultado. À título de lembrança, em Julho de 2012, há apenas três meses da eleição, o então candidato a prefeito do PSB, Geraldo Júlio, pontuou apenas míseros 5% das intenções de votos e chegou a vencer aquela eleição ainda no primeiro turno.

Longe de mim dizer que a fatura das eleições de 2020 no Recife já estaria liquidada em favor de João Campos, no entanto o cenário tem se mostrado bastante favorável à sua postulação, principalmente porque a oposição ainda bate cabeça quanto a que estratégia irá utilizar para levar a eleição para o segundo turno e com quais candidatos entrará na disputa.

Em conversa com este blogueiro, um dirigente estadual de um partido avaliou que o maior empecilho para uma candidatura a prefeito do Recife não é a de encontrar na oposição um nome competitivo, mas sim o custo para se colocar o bloco na rua. A maioria dos que se colocam como pré-candidatos são deputados e o custo de entrar na disputa de 2020, ocorrendo insucesso eleitoral, pode desarrumar por completo os planos de reeleição em 2022.

Atualmente pela oposição são lembrados como possíveis candidatos os deputados federais Daniel Coelho (Cidadania);Raul Henry (MDB); Túlio Gadelha (PDT) e Marília Arraes (PT), além do ex-deputado Mendonça Filho (DEM) e os deputados estaduais Marco Aurélio (PRTB), Wanderson Florêncio (PSC) e Romero Albuquerque (PP).

Qual desses conseguirá conter o crescimento de João Campos?

O custo de Marília – Figurando como a pré-candidatura mais competitiva da oposição, Marília Arraes encontra no PT, o seu partido, o maior empecilho para concorrer à Prefeitura do Recife. No cálculo de um atento observador da política, para que Marília concorra pelo PT o partido teria que abrir mão dos espaços que hoje possui nas gestões do PSB no Governo do Estado e Prefeitura do Recife, o que resultaria em torno de uns mil petistas desempregados.

Alternativa – Na avaliação deste mesmo deputado, a melhor alternativa para Marília seria o PTB de Armando Monteiro. A sua ida para a sigla trabalhista abriria a possibilidade de garantir para o projeto a formação de uma grande coalizão de partidos em torno de sua candidatura, não perder a identidade com o eleitorado mais à esquerda e ainda dialogar com os de centro.

Aposta – Ligadíssimo ao vice-presidente Hamilton Mourão, o deputado estadual Marco Aurélio (PRTB) tem apostado as suas fichas na possibilidade de ser o candidato escolhido pelo eleitorado da direita.

Água Preta– Candidato do prefeito Eduardo Coutinho, a quem acompanha a mais de 20 anos, o vice-prefeito Tonhão é sem dúvida um candidato a ser batido. Servidor público de carreira e com a experiência de já ter sido secretário de Agricultura, Infraestrutura e Administração, Tonhão tem na humildade a sua grande força. Seus oponentes deverão ser os ex-prefeitos Armando Souto e Paulo Barreto, além do vice-prefeito de Xexéu, Noé Magalhães.

No páreo – Evangélico e presidente da Cruz Vermelha em Pernambuco, André Lucena decidiu entrar na disputa por uma cadeira na Câmara de Vereadores do Recife. Neste domingo, em um Congresso das Mulheres na sede da Assembleia de Deus ministério Recife, ele pousou ao lado de Mendonça Filho e do Pastor Jairinho.

Na disputa– A vice-prefeita de Lagoa do Carro, Cristiane Chagas (PSB), tem trabalhado bastante para pavimentar a sua candidatura em 2020 contra a prefeita Judite Botafogo (PSDB), com quem está rompida. Para entrar na empreitada ela conta com o apoio do deputado federal João Campos (PSB). No campo oposicionista nomes como os dos ex-prefeitos Jailson do Armazém e Tota Barreto também são lembrados para entrar na disputa.

Primavera – Na Mata Sul o PP deve lançar ao menos uns 10 candidatos a prefeitos no próximo ano, a eleição de um deles, Pão com Ovo, em Primavera, tem sido tratada como prioridade pelo deputado federal Eduardo da Fonte. Na última semana o ex-prefeito esteve na sede do Progressistas, no Recife, onde recebeu de Da Fonte a garantia não apenas de disputar pelo partido, mas também do apoio necessário para voltar ao comando da prefeitura. Pão com Ovo ainda conta com o apoio do deputado estadual Fabrízio Ferraz (PP).

Ameaça– O líder comunitário Wilson Lapa tem se tornado uma verdadeira ameaça à reeleição do vereador Eduardo Cheira (PSC). Ambos devem dividir a preferência do eleitorado no bairro do Pina, no Recife. Wilson, que na eleição de 2014 chegou a ser cabo eleitoral de Chera, agora busca seu voo próprio pra conquistar uma cadeira na Casa de José Mariano.

Cachimbo da paz– Depois de protagonizarem uma intensa discursão no Plenário da ALEPE que contou até com troca de insultos na semana passada, os deputados os Romero Albuquerque (PP) e Diogo Moraes (PSB) já se encontraram e selaram a paz.

De olho na …-Exibido às 20h todas terças-feiras pela TV Nova Nordeste, o programa Roda Viva Pernambuco desta semana sabatina o vereador recifense André Régis (PSDB). Nesta edição terei novamente a oportunidade de fazer parte da bancada.

… telinha– Ancorado pelo comunicador Aldo Vilela, o Roda Viva Pernambuco se tornou o principal programa político da TV pernambucana.

Distribuindo– Depois que a oposição tornou público o abandono de dezenas ambulâncias do SAMU em um galpão no hospital Otávio de Freitas, a Secretaria Estadual de Saúde tomou a providência de distribuir os veículos entre municípios do interior. Por que demoraram tanto tempo para tomar esta iniciativa?

Participe! – Quer que notícias da política da sua cidade sejam abordadas no Blog Ponto de Vista? Entra em contato conosco pelo e-mail: [email protected] Nos siga também no Instagram @blogpontodevistape

Escrito por Wellington Ribeiro

COMMENTS