Radar Político (13/11) – Segurança é ampliada no Litoral Sul

Radar Político (13/11) – Segurança é ampliada no Litoral Sul

Resultado da mobilização de prefeitos da região e de líderes religiosos, a exemplo do padre Arlindo, pároco de Tamandaré, a 10º Companhia Independente

Radar Político (02/08) – João Paulo avalia ser candidato a deputado estadual
Radar Político (28/09) – Paulo Câmara move as peças e Zé Queiroz pode compor chapa
Coluna Radar Político (10/07) – Áureo Cisneiros poderá ser candidato a governador

Resultado da mobilização de prefeitos da região e de líderes religiosos, a exemplo do padre Arlindo, pároco de Tamandaré, a 10º Companhia Independente de Polícia Militar virou realidade. A sua ativação ocorreu na última semana, por decisão do governador Paulo Câmara.

Responsável por atender aos municípios de São José da Coroa Grande, Barreiros, Tamandaré, Rio Formoso e Sirinhaém, onde existem mais de 142 mil habitantes, a nova unidade surge como promessa para reduzir a criminalidade no Litoral Sul de Pernambuco.

Sob o comando do Major Fernando Filho, a 10ª CIPM já começa a ganhar corpo com o acréscimo de 50 policiais. Em seus primeiros dias de atividade a população da região já começou a sentir a diferença. A sensação de segurança aumentou.

“Com muita satisfação recebemos esse reforço policial que teremos para fazer um trabalho de excelência no Litoral Sul do Estado. Após nossas explanações sobre as demandas de nossa área, suas características turísticas, o perfil da criminalidade nos seus 5 municípios, passamos a divulgar nossas forma de atuação no terreno com as equipes do GATI e ROCAM, o complemento das nossas guarnições táticas e o lançamento dos recrutas nos centros comerciais de maior fluxo financeiro”, expressou o Major Fernando Júnior nas redes sociais.

A decisão do governador em contemplar a região com uma Companhia Independente da Polícia Militar foi um grande avanço. O combate à criminalidade neste pedaço de Pernambuco resultará em ganhos incalculáveis do ponto de vista socioeconômico, uma vez que o Litoral Sul apresenta grande vocação para o turismo. Um verdadeiro gol de placa de Paulo Câmara!

Linha de frente – Atualmente na chefia da assessoria especial do governador, o ex-secretário da Casa Civil, Antônio Figueira (imagem), realizou uma exímia defesa da gestão de Paulo Câmara em um artigo que foi publicado em um jornal de grande circulação no final de semana. Segundo Figueira, o governador é a pessoa certa para comandar Pernambuco, pois em 2 anos e 9 meses conseguiu conduzir com pulso firme um Estado que foi exposto ao que ele classifica de “tempestade perfeita” formada por uma crise sem precedentes somada a uma permanente crise política ,além de uma seca que se estende por seis anos.

Avaliando – Com apenas três deputados estaduais, sendo um deles prestes a sair da sigla, o Partido dos Trabalhadores estuda com cuidado qual será o melhor caminho a seguir com vistas a preservar não apenas as atuais cadeiras, mas ampliar o seu espaço na Assembleia Legislativa. Uma ala majoritária rechaça a aliança com o PSB e defende a candidatura de Marília Arraes para o Governo do Estado, pois entende que assim o partido teria maiores chances de ampliar a bancada do que em uma coligação na Frente Popular.

Isolado 1 – Por outro lado, lideranças do PT sabem que dificilmente a sigla alcançará o cociente eleitoral para eleger deputados federais sozinho. Nome de peso, o ex-prefeito do Recife, João Paulo (imagem), já decidiu que disputará uma cadeira na ALEPE, restando apenas Humberto Costa e Carlos Veras como alternativas competitivas para concorrer à Câmara Federal. A esperança do PT era compor uma coligação com o PDT e PC do B, porém estes partidos estão alinhados com PSB.

Isolado 2 – Outro partido que está sozinho é o Psol. Sem nomes competitivos para concorrer à Câmara Federal, a sigla deve se concentrar na chapa para deputados estaduais. Atualmente os nomes mais fortes são os do deputado Edilson Silva e o do policial civil Áureo Cisneiros, porém, sós não irão a lugar algum. Uma aliança com o PT seria a melhor opção para sigla preservar o seu espaço e até ampliar sua participação na ALEPE. Uma possível união beneficiaria ambos.

Blefe – Considerada ex-deputada federal em atividade, Luciana Santos (PC do B, imagem) está sendo “lançada” ao Senado pelo seu partido. A menos que o governador considere compor com um quadro de pouca capilaridade eleitoral, dificilmente a comunista estará ao lado de Paulo na disputa majoritária.

Vai para o sacrifício – Prejudicada por não ter mais o comando de Olinda, município que o seu partido comandou por 16 anos, Luciana já não conta com o mesmo folego de antes. O único posto a que ela poderia disputar com chances de obter êxito seria a de deputada estadual. Escolher esta alternativa é uma decisão difícil para Luciana, uma vez que como presidente nacional do PC do B ela precisa trabalhar pelo fortalecimento da sigla na Câmara Federal.

Alicerce – A deputada Simone Santana construiu uma base de apoio sólida na Mata Sul. Caso não haja nenhum acidente de percurso, ela sairá com uma votação expressiva da região e com a possibilidade de ser majoritária em vários municípios.

Na área – Em sua última incursão à Mata Sul, o senador Fernando Bezerra (PMDB) se reuniu no último sábado (11) com o prefeito de São José da Coroa Grande, Pel Lages (PEN). Apesar de ainda as suas visitas à região serem tímidas, FBC não para de receber no seu gabinete, em Brasília, gestores da Mata Sul.


Escrito por Wellington Ribeiro

*Quer participar da coluna diária do Blog Ponto de Vista? Envie notícias da sua região para o nosso contato de whatshapp: (81) 99521-6544 (TIM) ou ligue para 97310-1317 (Claro). Se preferir, envie o assunto para o E-mail: [email protected]

COMMENTS