Radar Político (15/08) – PP, um aliado indispensável

Radar Político (15/08) – PP, um aliado indispensável

Dado o acirramento na disputa pelo Governo do Estado entre Paulo Câmara e Armando Monteiro ainda é cedo para antecipar qualquer previsão quanto a

Coluna Radar Político (20/07) – Depois do PSC e PROS a Frente Popular pode perder mais três partidos
Radar Político (11/10) – Eleição da nova Mesa Diretora da Alepe já está na pauta do PSB e PP
Radar Político (17/12) – Semana decisiva para formação do novo secretariado estadual

Dado o acirramento na disputa pelo Governo do Estado entre Paulo Câmara e Armando Monteiro ainda é cedo para antecipar qualquer previsão quanto a qual dos dois sairá vitorioso nas urnas, no entanto, quando o assunto é a governabilidade da futura gestão, podemos adiantar que ela jamais será alcançada sem a ajuda do Partido Progressista, sigla comandada em Pernambuco pelo deputado federal Eduardo da Fonte.

Com uma chapinha para deputado estadual bastante promissora, o PP, ao lado do Solidariedade e PR, deverão eleger juntos entre 15 e 17 deputados estaduais, destes, no mínimo 12 deverão pertencer aos quadros PP, o que representará mais de 1/5 de todas as cadeiras da ALEPE.

Na hipótese mais otimista nem o PSB de Paulo ou o PTB de Armando conseguirão eleger uma bancada grande o suficiente para sozinhos apresentarem a hegemonia necessária no Legislativo Estadual para se dar ao luxo de dispensar o apoio do PP.

Se tem um partido que vai falar grosso em 2019, esse partido é o PP.

Betinho Gomes – Apesar de não ter participado da Convenção de Armando como forma de protesto em relação à escolha do vice, o candidato a deputado federal Betinho Gomes afasta os rumores de que não votará no petebista para governador. “A construção da chapa de Armando não foi a que se esperava, pois, o candidato a vice-governador representa uma família que usa o público evangélico como massa de manobra eleitoral, além de não ter conteúdo político. Apesar disso, não serei dissidente nem omisso. Votarei em Armando Monteiro para o Governo do Estado pelas suas qualidades pessoais, como o caráter, que tem faltado a muitos políticos, e a total aptidão para recolocar Pernambuco no rumo do desenvolvimento”, afirmou o deputado ao blog.

Escalando o time – O candidato a governador pelo PROS, Maurício Rands, terá como responsável pelo marketing da sua campanha o publicitário José Nivaldo Júnior, profissional referência na área.

Casa de ferreiro, espeto de pau – O pré-candidato a governador Júlio Lóssio (Rede) está sendo cobrado porque não está apoiando um deputado federal do seu partido. Em Petrolina ele caminhará com Fernando Monteiro (PP) para federal.

Não largam o osso – A decisão do PDT de manter os aliados pendurados nos cargos da Secretaria Estadual de Agricultura confirma que Zé Queiroz, Wolney e Isabella de Roldão, mesmo estando no palanque da Oposição, ainda mantêm o coração governista. Fábio Fiorenzano, esposo de Isabella (candidata a vice de Maurício Rands) comanda o ProRural e Wellington Batista, indicado de Wolney, continua no comando da Secretaria. A suspeita é de que o Palácio usou o PDT para incentivar uma terceira-via para evitar que o PROS e Avante fossem para Armando Monteiro.

Fechando o cerco – O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) reúne líderes religiosos do Estado nesta quinta-feira (15), no edifício-sede do tribunal, no Recife. Embora o encontro tenha sido idealizado para “discutir e debater sobre a campanha eleitoral e temas ligados às eleições gerais deste ano”, o que se suspeita é que o TRE quer combater a prática do pedido de votos dentro de igrejas e templos por parte de líderes religiosos e candidatos ligados principalmente ao seguimento evangélico.

Barrada – A pressão da maioria dos candidatos a deputado estadual pelo PRP prevaleceu e o partido negou legenda para que a primeira-dama de Escada, Edilene Gomes, pudesse concorrer a uma vaga na ALEPE. Com uma candidatura bastante competitiva Edilene tinha grandes chances de emplacar um mandato pela chapinha.

Descaso – Há meses o município de Limoeiro, no Agreste Setentrional, está desguardado dos Serviços de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Vítimas de acidentes automobilísticos e demais pacientes que necessitam do serviço estão tendo que recorrer à ajuda de amigos e populares para serem socorridos. Esta situação de natureza tão grave em nada tem sensibilizado o prefeito Joãozinho (PSB), que faz ouvido de mercador para as críticas.

Ampliando os espaços – O candidato a deputado federal Sílvio Costa Filho (PRB) continua ampliando as suas bases no Agreste Meridional. Após receber de presente o apoio do prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, Sílvio também conseguiu o apoio do prefeito Genaldi (São João) e de Joseval Cowboy, vice-prefeito de Brejo e candidato a deputado estadual pelo PRB.

Mais apoios – Ao menos três prefeitos e algumas lideranças pertencentes a partidos da Frente Popular, que  são contabilizados pelo Palácio como aliados de Paulo Câmara, devem anunciar ainda esta semana a adesão ao palanque de Armando Monteiro (PTB).

Agenda 1 – O ex-prefeito do Recife, João Paulo (PC do B) , programou para as 18 horas desta quinta-feira (16/08) o evento de lançamento da sua candidatura a deputado estadual.  A festa acontecerá na Casa de Eventos Jardim Aurora, no Bairro de Santo Amaro. Com a expectativa de sair das urnas com uma grande votação João Paulo deve ter uma eleição tranquila para a ALEPE.

Agenda 2 – O deputado federal e candidato a reeleição André de Paula (PSD) também nesta quinta-feira um bate-papo com os seus apoiadores. O encontro acontecerá às 18:30hs no Marante Executive Hotel, em Boa Viagem, no Recife. Bastante atuante, articulado e com uma grande base de apoio André deve emplacar a reeleição.

Escrito por Wellington Ribeiro – E-mail: blogpontodevistape@mail.com

COMMENTS