Radar Político (25/04) – Relação entre deputados da base e Palácio não é das melhores

Radar Político (25/04) – Relação entre deputados da base e Palácio não é das melhores

Saiba mais informações sobre os bastidores da política pernambucana clicando no link

José Humberto vota contra o aumento de impostos
Lei: escolas de Pernambuco terão que falar sobre alienação parental com alunos
Paulo Câmara sanciona lei que regulamenta as Comunidades Terapêuticas nesta quinta (24)

Esta semana não está sendo nada fácil para o governador Paulo Câmara na Assembleia Legislativa. Não bastasse o seu Governo ser alvo de uma enxurrada de críticas da Bancada Evangélica condenando um edital publicado pela Secretaria Estadual da Mulher que teve por objetivo promover um concurso fotográfico voltado especialmente para lésbicas, bissexuais, travestis e travestis; a gestão ainda assistiu quase sem reação deputados da Bancada de Oposição deferirem críticas contundentes relacionadas às precárias condições do hospital Otávio de Freitas e, além de tudo isso, viu deputados da situação, inclusive do PSB, ajudarem a aprovar uma PEC que dá mais autonomia aos deputados aumentando o valor das emendas parlamentares na qual não tinha a simpatia do Palácio.

Com exceção das pancadas sofridas no episódio dos deputados evangélicos, que partiram para cima do Governo por uma questão ideológica, o que se pode observar é que o Governo já não dispõe da mesma unidade na ALEPE. Com exceção de Isaltino Nascimento, líder da Bancada de Situação, além de Diogo Moraes, vice-líder, e Sivaldo Albino, líder do PSB, são raros os casos em que deputados da base se disponibilizam para defender a gestão em contraponto à Oposição. Um dos motivos para tal inércia por parte dos governistas é a insatisfação com a forma com que estão sendo tratados pelo Palácio.

Falta de espaços para indicar aliados na estrutura do Governo e desatenção por parte dos secretários, são os principais motivos apontados por deputados aos quais pude conversar nos últimos dias.

Ontem, na votação da PEC, dos trinta votos favoráveis, cerca de 21 saíram de deputados da base. Desses, 6 foram de deputados do próprio PSB. Inclusive um deles, Waldemar Borges, que não esconde de ninguém o seu desgosto, em um recado direto ao Campo das Princesas fez questão de afirmar que não tolerará “pressões”. Embora deputados da base, mesmo insatisfeitos, evitem votar contrários ao Governo em outros projetos, a verdade é que parte deles utilizaram a votação da referida PEC para mandar um recado ao Palácio.


A preferida
– Márcia Conrado (imagem), secretaria de Saúde de Serra Talhada,  se consolida como nome da situação para disputar as eleições de 2020. O seu nome foi lançado a apenas 4 meses e ela já conseguiu superar adversários. Com uma capacidade de trabalho que impressiona, Márcia tem feito da Saúde de Serra referência em todo o Pajeú. Talvez seja por isto que o prefeito Luciano Duque, que hoje surfa em mais de 80% de aprovação, tenha uma preferência por ela para disputar a sua sucessão.

Em alta– O vereador de Camaragibe, Manoel Rodrigues, será reconduzido à presidência da comissão provisória do PP no município. Ele é eleitor do deputado federal Eduardo da Fonte desde 2010. Na lista de prioridades do PP em Camaragibe está a reeleição de Manoel Rodrigues, ampliação da bancada Do partido na Câmara de Vereadores e a eleição de um prefeito pela sigla.

Em baixa– Por falar em Camaragibe, uma pesquisa contratada por um grupo de comerciantes apontou que a rejeição do prefeito Demóstenes Meira atingiu níveis estratosféricos. Ao blog, uma fonte que teve acesso detalhado ao levantamento revelou que os dados apontam para uma situação irreversível. “Pelo jeito a população está decidida a não dar outra oportunidade a Meira”, opinou.

Na frente– Uma pesquisa realizada pelo Instituto Contexto para verificar como anda a temperatura do momento na disputa pela Prefeitura de Garanhuns, apontou o deputado estadual Sivaldo Albino (PSB) liderando os cenários na espontânea e estimulada. Os percentuais obtidos por Sivaldo e os demais candidatos da oposição sinalizam que a população busca por mudanças na Cidade das Flores. O levantamento entrevistou 462 pessoas entre os dias 7 e 10 deste mês de abril.

Não para – O deputado estadual mais votado no Agreste Meridional, Claudiano Martins Filho (PP) segue intensificando a sua atuação na região não apenas para manter a robusta base que possui por lá, mas também para ampliá-la. Nesta semana ele recebeu em seu gabinete o prefeito Marcelo Neves (PSB), seu antigo aliado, além de vários vereadores do município de São João com quem fechou aliança para 2020 e 2022.

No tapetão– O suplente de vereador do Recife, Ricardo Serralheiro (PSC), entrou na justiça solicitando o mandato da vereadora Goretti Queiroz (PSC). De acordo com informações chegadas ao Blog, a justificativa de Serralheiro seria a de que Goretti mudou de partido para disputar as eleições estaduais. Ela inclusive foi acionada no último dia 22 e terá 5 dias para se defender. 

Conheça a história– Em 2016 Goretti Queiroz disputou uma vaga na Câmara do Recife pelo PR na coligação que continha ainda o PSC e MDB. Ficou na primeira suplência e assumiu no início deste ano após Wanderson Florêncio renunciar para tomar posse como deputado estadual. Em 2018 Goretti se filiou ao PSC para concorrer a uma vaga na ALEPE.

Consenso– O policial rodoviário federal Júnior Darita (imagem) é o nome do PSB para disputar a prefeitura de 2020 em Gravatá. Candidato a deputado federal no ano passado, Darita teve quase 7 mil votos só em Gravatá. Foi graças a uma dobradinha com ele que Waldemar Borges conquistou mais de 5 mil votos no município, o que foi decisivo para a sua reeleição.

Soprando velinhas– Sérgio Aroucha, atual secretário de Turismo de São José da Coroa Grande, festeja o seu aniversário no próximo dia 27 divulgando o balneário para amigos e familiares com passeio de catamarã, trilha ecológica e show em casa de festas local. Aroucha já foi secretário de Turismo de Abreu e Lima e presidente da Astur.

Vergonha– Não bastasse o desabastecimento de remédios na farmácia do Estado e o caos no atendimento das grandes emergências, cerca de 28 ambulâncias que foram adquiridas no ano de 2013 e que deveriam reforçar o Servido de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estão próximas de completar 6 anos paradas no galpão do Hospital Otávio de Freitas. Ainda que a Secretaria Estadual de Saúde tente explicar, não há desculpa para tamanha inoperância e desrespeito.

Participe! – Quer que notícias da política da sua cidade sejam abordadas no Blog Ponto de Vista? Entra em contato conosco pelo e-mail: blogpontodevistape@gmail.com. Nos siga também no Instagram @blogpontodevistape

Whatshpp: (81) 98260-3583

Escrito por Wellington Ribeiro

COMMENTS