RADAR POLÍTICO (25/11) – Com Bolsonaro no PL partido deve emplacar expressivas bancadas para a ALEPE e Câmara Federal

Saiba estas e outras informações sobre os bastidores da política clicando no link

Aluísio Lessa quer maior proximidade entre autarquias e SECTI
Aluísio Lessa chancela renovação em Xexéu com apoio a Thiago de Miel
Prefeito Marcello Maranhão prestigia Convenção de Paulo Câmara

ANTONIO CRUZ/AGÊNCIA BRASIL

Escrito por Wellington Ribeiro

A decisão do presidente Jair Bolsonaro de ingressar no PL em ato de filiação marcado para o próximo dia 30, deve desencadear em um verdadeiro embarque de bolsonaristas na sigla para concorrerem as eleições do próximo ano. Em Pernambuco este movimento não será diferente. Na eleição de 2018, graças a onda pró-bolsonaro, o PSL, sigla considerada anã naquela época, saiu das urnas com uma verdadeira explosão de votos e eleitos e se tornou o segundo maior partido no Brasil, tudo porque foi abrigo de candidatos ligados ao bolsonarismo.

Em Pernambuco o PL é comandado por Anderson Ferreira, liderança que recentemente recebeu de Valdemar da Costa Neto, presidente nacional da sigla, a garantia de que conduzirá o partido nas eleições de 2022 aqui no estado. Sob o comando de Anderson e turbinada pelo ingresso de Bolsonaro, o PL tem tudo para construir atrativas e competitivas chapas proporcionais para a ALEPE e Câmara Federal.

Para a Câmara Federal nomes como os dos deputados federais André Ferreira (PSC), que na eleição passada obteve mais de 175 mil votos e ultrapassou sozinho o quociente eleitoral, além do Pastor Eurico (Patriotas), já são dados como certos. A única dúvida ainda recai sobre a permanência do deputado Fernando Rodolfo no PL, mas dadas as circunstâncias com a oferta de renovação mais facilitada dentro do partido ele pode permanecer. Outro nome que deve engrossar o caldo é o do ministro do Turismo Gilson Machado Neto, pupilo de Bolsonaro. Com este time e a adesão de mais bolsonaristas à chapa, o PL pode chegar na conquista de 4 a 5 cadeiras.

Para a Assembleia Legislativa, por sua vez, o número de adesões deve também ser significativo. Os vereadores recifenses Fred Ferreira e Renato Antunes já são dados como certos. O ingresso do deputado estadual Alberto Feitosa também é algo esperado, além de outros três deputados estaduais que estavam apenas esperando Bolsonaro decidir o partido para acompanhá-lo, sem falar dos inúmeros pré-candidatos que empunham a bandeira do bolsonarismo. Projetar que o PL eleja uma bancada entre 5 e 7 deputados estaduais é algo bem factível. Além dos deputados e pré-candidatos interessados em ingressar na sigla após a chegada de Bolsonaro, não se pode deixar de fora o potencial de votos de legenda que o PL pode conquistar para as suas chapas de deputado federal e estadual.

AÍ TEM COISA – Chamou a atenção o volume de R$ 1,5 milhão em emenda que o deputado estadual Aluísio Lessa (PSB) destinou para Bonito. Enquanto isso, Ribeirão e Itambé, municípios governados respectivamente por Marcello Maranhão e Graça Carrazonni, seus aliados, receberão apenas R$ 100 mil cada por parte do parlamentar. Um observador atento acredita que Aluísio destinou tal montante de olho no apoio do prefeito Gustavo Adolfo à sua reeleição.

COBIÇADO – Por falar no prefeito de Bonito, Gustavo Adolfo (PSB), não faltam deputados estaduais e pré-candidatos que estão de olho no seu apoio. Com um grupo coeso e uma liderança bastante sólida, Gustavo passa 6 mil votos para qualquer deputado.

NA CORDA BAMBA – Reeleito com apenas 23 mil votos graças ao desempenho explosivo da delegada Gleide Ângelo nas urnas, que com mais de 400 mil votos garantiu mais vagas para a coligação do PSB para deputado estadual em 2018,  Aluísio Lessa tem pela frente uma eleição duríssima. Se ele conseguir o apoio do prefeito de Bonito, não restará dúvida de que há por trás disso tudo uma OPERAÇÃO SALVA ALUÍSIO.

BLEFADOR – Nem o próprio Professor Lupércio (SD, imagem), prefeito de Olinda, deve acreditar quando fala que avalia concorrer ao Governo do Estado no próximo ano. Se quiser fazer bonito em 2022, Lupércio precisa cuidar de concentrar esforços para solucionar os desafios de Olinda e garantir uma expressiva votação ao deputado federal Augusto Coutinho, parlamentar que tem derramado emendas no município. Quanto à uma candidatura da sua esposa à ALEPE, se ele não abrir o olho vai passar a mesma decepção de 2018, quando Cláudia de Lupércio ficou na oitava suplência.

CAVADOR – Corre solta informações de que deputado federal Milton Coelho (PSB, imagem) anda avançando em conversas com os prefeitos Erivaldo Chagas (Lajedo) e Manoel Botafogo (Carpina). Milton, que ficou na primeira suplência em 2018 com  quase 44 mil votos e assumiu o mandato com a eleição de João Campos para a Prefeitura do Recife, é o tipo de político que não se pode subestimar, sobretudo porque é competente e sabe trabalhar nos bastidores.

AVANÇANDO – Pré-candidato a deputado estadual, Tiago Pontes segue pavimentando o seu caminho para conquistar uma cadeira na ALEPE. Calado ele anda conseguido a adesão de prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e outras lideranças ao seu projeto. A passagem pelo comando da Secretaria Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano, oportunidade que garantiu o envio de recursos para vários municípios, fez com que Tiago Pontes construísse uma ampla e sólida relação de amizade com muitas lideranças no interior do estado.

GANHANDO TERRENO – O deputado estadual Aglaílson Victor (PSB) acrescentou à sua base duas importantes lideranças do município de Nazaré da Mata. Tratam-se do ex-prefeito Nado Coutinho e do ex-vereador Kiko. Com este apoio Aglaílson deve figurar facilmente entre os mais votados na Capital estadual dos Maracatus no próximo ano.

VAPT-VUPT – O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico Geraldo Júlio segue com a estratégia de manter a maior discrição possível. Ontem, no anúncio do lançamento do 5º edital do Programa Força Legal, no Palácio do Campos das Princesas, Geraldo apenas discursou e sequer ficou para a coletiva de imprensa.

Wellington Ribeiro é pós-graduado em Gestão Pública e Legislativa pela UPE – E-mail: [email protected] Whatshap (81) 99521-6544

COMMENTS