Radar Político (27/08) – Bancada feminina deve crescer na ALEPE

Radar Político (27/08) – Bancada feminina deve crescer na ALEPE

Ocupando apenas 6 das 49 cadeiras da Assembleia Legislativa de Pernambuco, as mulheres têm resistido muito bem em um ramo que é ocupado majoritari

Guias de Armando destacam sentimento de mudança dos pernambucanos e sua trajetória pública
“Campanha de Armando será conectada com o povo”, diz coordenador-geral
Coluna Radar Político (24/07) – Deputado Danilo Cabral constrói base sólida para a sua reeleição

Ocupando apenas 6 das 49 cadeiras da Assembleia Legislativa de Pernambuco, as mulheres têm resistido muito bem em um ramo que é ocupado majoritariamente por homens. Se depender das previsões em relação às eleições deste ano, a bancada feminina tem tudo para aumentar a sua representatividade no Legislativo Estadual.

Atualmente a bancada feminina na ALEPE é composta pelas deputadas Simone Santana (PSB), Socorro Pimentel (PTB), Priscila Krause (DEM), Laura Gomes (PSB), Roberta Arraes (PP) e Tereza Leitão (PT). Destas, ao menos as três primeiras têm uma renovação do mandato líquida e certa, as demais disputam com relativa competitividade em suas respectivas coligações.

Entre as novas candidatas que se apresentam, três delas não correm risco algum de ficar de fora da nova composição da ALEPE em 2019, são elas: Fabíola Cabral (PP), Alessandra Vieira (PSDB) e Ducicleide Amorim (PT). Quanto àquelas que apresentam competitividade na disputa e podem emplacar um mandato estão: Andrea Mendonça (DEM), Débora Serafim (PSC), Rebeca Lucena (PP), Cláudia de Lupércio (SD), Gleide Ângelo (PSB), Aline Mariano (PP), Carla Lapa (PSC), Juliana Chaparral (Patriotas), Clarissa de Técio (PSC), Izabel Urquisa (PSC), Dra. Cybele Brito (PR) e Aline Corrêa (PR).

Exército – Embora esteja longe de repetir os mais de 100 mil votos que conseguiu apenas no Recife na eleição passada, o deputado federal Felipe Carreras (PSB) tem grande chance de sair da capital com uma expressiva votação. Para isto, ele conta com uma parceria com três deputados estaduais, além de dois vereadores e vários suplentes que serão candidatos a deputado estadual, sem falar no grande número de lideranças comunitárias que estão fechadas com ele. O objetivo de Felipe é fazer bonito na capital para figurar como alternativa à sucessão do prefeito Geraldo Julio em 2020.

Escondendo o jogo – Apesar de ter afirmado na inauguração do seu comitê que votará em Humberto Costa para senador, as peças publicitárias de Felipe Carreras só fazem menção ao governador Paulo Câmara, deixando inclusive Jarbas de fora. 

Em alta – Com grande prestígio nas redes sociais os candidatos a deputado estadual Ni do Badoque e Galeguinho das Encomendas, ambos do PP, podem ser a surpresa desta eleição. A aceitação deles entre o público mais jovem é enorme. Para federal eles dobram com Eduardo da Fonte (PP).

Prejuízo – A declaração de Marília Arraes dizendo que não vota em Humberto Humberto Costa para o Senado já é vista no meio político como uma pá de cal à candidatura à reeleição do petista. Não bastasse o corpo mole que o Palácio tem feito para ajudar Humberto, agora ele terá que lhe dar com a oposição de uma cabo eleitoral forte como Marília Arraes.

Avançando – O candidato a senador Bruno Araújo (PSDB) continua avançando sobre prefeitos e lideranças da Frente Popular. Em Barreiros, na Mata Sul, Bruno será votado pelo prefeito Elimário Farias e pelo ex-prefeito João Baleia, que embora eleitores de Paulo Câmara já decidiram que não votarão em nenhum dos senadores da Frente Popular. O outro nome escolhido pela dupla para o Senado foi Mendonça Filho (DEM).

Clima tenso – A relação entre os prefeitos Lula Cabral (Cabo) e Bruno Pereira (São Lourenço da Mata) não anda a das melhores. Bruno, que tinha compromisso exclusivo com Fabíola Cabral para estadual, sugeriu a Lula dividir o apoio no município com Guilherme Uchôa Junior (PSC), o que não foi aceito pelo gestor cabense. A menos que queira presenciar um mal estar, não coloque Lula Cabral na mesma mesa que Bruno Pereira. É o mesmo que jogar fogo em um barril de pólvora.

Dobradinha 1 – Os candidatos a deputado estadual Clóvis Paiva (PP) e a federal Milton Coelho (PSB) continuam expandido suas bases na Mata Sul. Em Cortês os dois contarão com o apoio dos vereadores José Antônio (PSC) e Edmilson Rodrigues (PRTB). Tanto Clóvis Paiva, quanto Milton Coelho estão em alta na bolsa de aposta para emplacarem um mandato na ALEPE e Câmara Federal, respectivamente.

Dobradinha 2 – Em Rio Formoso o deputado estadual José Humberto (PTB) e candidato a deputado federal Fernando Monteiro (PP) fecharam uma parceria que conta com o apoio do ex-prefeito Dr. Hely Farias, de um grupo de vereadores e outras lideranças. A expectativa é que ambos alcancem uma boa votação na “Terra dos Manguezais e da Batalha do Reduto”. 

Cara a cara – Os candidatos ao Governo do Estado Paulo Câmara (PSB), Armando Monteiro (PTB), Maurício Rands (PROS) e Dani Portela (PSOL) participam nesta terça-feira (28) do primeiro debate entre si. O confronte acontece às 10 horas na Rádio Jornal. 

De fora – Júlio Lossio (Rede), Simone Fontana (PSTU) e Ana Patrícia Alves (PCO) não participarão do debate porque as suas respectivas coligações não possuem ao menos cinco parlamentares no Congresso Nacional.

Escrito por Wellington Ribeiro – E-mail: [email protected] – Contato: (81) 99521-6544.

COMMENTS