Recife começa a aplicar vacina de reforço bivalente contra covid-19 nesta sexta-feira (24)

Saiba mais informações clicando no link


A Prefeitura do Recife vai iniciar, nesta sexta-feira (24), a aplicação da vacina de reforço bivalente contra covid-19. Nesta primeira fase, podem receber o imunizante da Pfizer os idosos a partir de 70 anos, imunocomprometidos a partir de 12 anos, pessoas que vivem em Instituições de Longa Permanência (ILPI) e em Residência Inclusiva (RI) da capital, além dos trabalhadores desses locais. Todos devem ter tomado, no mínimo, duas doses da vacina anticovid e ter recebido a última há, pelo menos, quatro meses. O agendamento destes grupos já está disponível no aplicativo ou site Conecta Recife. 

A capital pernambucana recebeu 30.732 doses do imunizante bivalente da Pfizer enviadas pelo Ministério da Saúde. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cidade tem cerca de 105 mil munícipes que fazem parte do grupo prioritário desta primeira fase de imunização.

A imunização dos idosos a partir de 70 anos e as pessoas imunocomprometidas a partir de 12 anos com a vacina bivalente contra covid-19 será feita em oito locais: Policlínica Lessa de Andrade, na Madalena; Policlínica Clementino Fraga, no Vasco da Gama; Centro de Saúde Professor Sebastião Ivo Rabelo, no Ibura; e Centro Médico Senador José Ermírio de Moraes, em Casa Forte; além dos shoppings Recife, em Boa Viagem; RioMar, no Pina; Boa Vista, na área central da cidade; e Tacaruna, em Santo Amaro. Estes dois grupos devem realizar o agendamento, que já está disponível, no site ou aplicativo Conecta Recife. 

No dia escolhido para a vacinação, é preciso apresentar documento de identificação, além de um comprovante de que já completou o ciclo vacinal, para agilizar o atendimento. Serão aceitos tanto o cartão de vacinação como o Certificado Digital de Vacinação, disponível no Conecta Recife. Caso o munícipe tenha concluído o esquema em outra cidade, também deverá apresentar um comprovante de residência e um documento que comprove a idade ou condição. 

Os menores de idade devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis no momento da vacinação. Também precisam apresentar documento oficial da criança, documento oficial com foto que comprove filiação/responsabilidade, além de comprovante de residência em nome de um dos pais ou responsável. 

Já a vacinação das pessoas que vivem em Instituições de Longa Permanência (ILPI) e Residência Inclusiva (RI), além dos trabalhadores desses locais, será feita nos próprios espaços por equipes itinerantes da Secretaria de Saúde do Recife.

De acordo com o Ministério da Saúde, evidências científicas comprovam que o reforço com a vacina bivalente aumenta a imunidade contra o vírus da cepa original e a variante Ômicron BA.1 ou BA.4/BA.5. Além disso, o imunizante possui perfis de segurança e eficácia semelhantes ao das vacinas monovalentes. A vacina possui um frasco com a tampa na cor cinza e é diferente dos demais imunizantes do laboratório.

COMMENTS