Riacho das Almas – Presidente da Câmara fala sobre rompimento com o prefeito

Riacho das Almas – Presidente da Câmara fala sobre rompimento com o prefeito

Riacho das Almas - Em participação no Cidade em Foco da Rede Agreste de Rádios, o presidente da Câmara de Vereadores de Riacho das Almas, Getúlio Ca

“Nós temos muita responsabilidade na questão do saneamento”, afirma Paulo Câmara ao Cidade em Foco da Rede Agreste de Rádios
Humberto Costa diz que decisão sobre a permanência do PT na Frente Popular no Estado não depende dele
“Alto do Capibaribe voltou e a gente está muito feliz pelo governador Paulo Câmara ter feito esse gesto com o povo da nossa cidade”, comemora Diogo Moraes
Riacho das Almas – Em participação no Cidade em Foco da Rede Agreste de Rádios, o presidente da Câmara de Vereadores de Riacho das Almas, Getúlio Cardoso (Rede), falou sobre o seu rompimento com o prefeito Mota (PSB), fez um balanço de sua atuação como vereador e pregou mudança na gestão da cidade.
Vereador mais votados no último pleito, Getúlio falou sobre as razões que lhe levaram a ser candidato. “A gente sempre foi militante política, gosta muito da política e acredita muito que através da política a gente consegue melhorar nossa cidade. Como candidato, foi a primeira vez, tivemos essa expressiva votação, foram 1.439 votos, sendo o vereador mais votada da história de Riacho das Almas”, disse.
Críticas – Na oportunidade, o vereador criticou fortemente a gestão do prefeito Mota (PSB), seu ex-aliado político. “Fui militante do prefeito em duas eleições. Sempre defendemos e acreditávamos que Mota seria realmente diferente, acreditávamos que ele seria o melhor para Riacho das Almas. Depois que passamos a ser vereador e cobrar, começamos a ver direito o orçamento da cidade, as obras que chegava e não acabava, então fomos vendo essas coisas”, declarou.
Incômodo – De acordo com Getúlio, o prefeito se incomodou com o seu potencial eleitoral na cidade. “Passou a incomodar ele, antes mesmo do resultado das urnas, acho que ele viu que a gente ia ter muito voto e isso passou a incomoda-lo, as pessoas começaram a pedir já que eu fosse o candidato para suceder ele no grupo. A gente sempre gostou de ser um vereador atuante e ele começou a não aceitar essas coisas”, destacou.
Presidência – O mesmo foi recentemente empossado como presidente da Câmara de Vereadores com o apoio da bancada de oposição. Durante a entrevista, Getúlio agradeceu o apoio dos vereadores e destacou a lideranças de Dioclécio Filho na cidade. “A gente começou a conversar com Dioclécio Filho, foi abraçado por ele e pelo grupo. Quero aqui agradecer aos vereadores que me elegeram presidente da Casa”, afirmou.
O vereador ainda falou sobre as articulações de Mota para que o mesmo não chegasse ao comando do Poder Legislativo Municipal. “Ele usou de tudo que podia, para que não acontecesse a eleição da Câmara, porque a gente ia ganhar a eleição. Na reta final, ele começou a política nojenta, chegava nos vereadores da oposição e dizia, ‘quer ser o presidente? Se quiser, você tem os cinco votos, só não pode ser o vereador Getúlio’. Então eu e Riacho das Almas se pergunta, que medo é esse que tem o prefeito que Getúlio Cardoso chegasse a presidência da Câmara?”, questionou.

Se ligue – O programa “Cidade em Foco” vai ao ar de segunda a sexta-feira: 11:00 hs, na Rede Agreste de Rádios, composta pelas Emissoras: Rádio Filadélfia FM (104,9), Farol FM (90,5), Rádio Santa Cruz FM (98.5), Rádio Cambucá FM (104.9) e pela Internet: www.filadelfiafm.net

COMMENTS